Dólar R$ 3,27 -0,31%
Euro R$ 3,66 0,08%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,60% 62.662 pts
Pontos 62.662
Variação 1,60%
Maior Alta 9,53% JBSS3
Maior Baixa -1,42% EMBR3
Última atualização 23/05/2017 - 17:20 FONTE

Ideiasnet cancela reestruturação após pressão de acionistas

Para fechar o capital e reduzir seus custos, os administradores lançaram em julho a proposta aos acionistas de receber cotas do FIP em troca de suas ações

São Paulo – Pressionada por acionistas, a Ideiasnet desistiu de  promover uma reestruturação na qual deixaria de ser uma companhia aberta com ações negociadas na bolsa para se transformar em um  fundo de investimentos em participações (FIP).

Para fechar o capital e reduzir seus custos, os administradores da companhia lançaram em julho a proposta aos acionistas: queriam que eles entregassem as ações e recebessem em troca cotas do FIP que, na prática, controlaria as empresas do grupo.

Para fazer a operação, a Ideiasnet pediu à Comissão de Valores Mobiliários a dispensa da obrigatoriedade de faze uma oferta pública aos acionistas, ou seja, de dar a eles a opção de, em vez de cotas do FIP, receber dinheiro por suas ações. A área técnica da CVM já havia recusado a dispensa.

Uma das principais preocupações dos investidores era a mudança na situação legal da empresa. No caso de problemas envolvendo companhias abertas, os acionistas não têm de ser solidários com eventuais perdas.

Mas na estrutura de um fundo, eles podem ser chamados a aportar novos recursos em casos de dificuldades.

A operação pretendida pela Ideiasnet contava com o apoio de dois grandes acionistas, Opus e Liberty, que concentram 42% da empresa.

Mas outros, em percentual também relevante,  eram contra, como Time (10,32%) e Itaú (14,89%). A Ideiasnet informou que recebeu manifestações contrárias à reestruturação   de acionistas que possuem 33% do capital.

Ao informa que desistiu da operação, a diretoria da Ideiasnet ressaltou que a proposta visava,  essencialmente, reduzir os custos da companhia para preservar seu caixa, diante da grave situação financeira enfrentada por suas investidas.

A medida permitiria, no entender da empresa, permitir que os esforços fossem concentrados no desinvestimento das participações ainda detidas, preservando a essência de sua atuação como fundo de investimento em venture capital.

A Ideiasnet foi criada em 2000 como uma empresa de investimentos em projetos de internet. Mas hoje se define como uma  venture capital de tecnologia no Brasil e na América Latina.