Henderson Global Investors suspende fundos no Reino Unido

O Reino Unido votou pelo brexit, desencadeando um choque financeiro que fez os preços da libra e das ações de empresas do ramo imobiliário despencarem

O grupo de investimento Henderson Global Investors tornou-se, nesta quarta-feira, a quarta companhia a suspender as atividades de seus fundos imobiliários após a votação do Brexit.

“Apesar de uma forte carteira subjacente, a decisão foi tomada devido às excepcionais pressões de liquidez sobre os fundos, como resultado da incerteza na sequência do referendo da UE e da recente suspensão de outros fundos imobiliários”, informou a Henderson, em comunicado.

No mês passado, o Reino Unido votou em um referendo para sair da União Europeia, desencadeando um choque financeiro que fez os preços da libra e das ações de empresas do ramo imobiliário despencarem.

No comunicado dessa quarta-feira esclareceu que o Henderson Global Investors suspendeu temporariamente a negociação de dois fundos imobiliários do Reino Unido “para salvaguardar os interesses de todos os investidores”.

O movimento acontece depois de o M&G Investments, o Aviva Investors e o Standard Life Investments terem suspendido as atividades de seus fundos imobiliários no início da semana, após uma onda de pedidos de resgate em meio à queda de preços das ações.

Os fundos suspensos, incluindo os da Henderson, gerenciam ativos que totalizam £13 bilhões (US$16,8 bilhões, €15,2 bilhões).