Grupo Garnero capta US$ 143,7 mi com IPO nos EUA

Montante captado por meio da oferta pública de units subiu de US$ 125 milhões para US$ 143,7 milhões com exercício do total do lote suplementar

São Paulo – A Garnero Group Acquisition Company (GGAC) anunciou nesta segunda-feira, 07, que o montante captado por meio de sua oferta pública de units (IPO, na sigla em inglês) na Nasdaq, bolsa norte-americana, subiu de US$ 125 milhões para US$ 143,7 milhões com exercício do total do lote suplementar.

De acordo com nota divulgada, os subscritores de sua oferta pública inicial exerceram o lote suplementar na íntegra, o que resultou na venda adicional de um total de 1,875 milhão de ações.

As unidades dessas ações foram adquiridas por US$ 10 o lote, que gerou uma receita bruta adicional de US$ 18,750 milhões para a empresa.

A nota esclarece ainda que, das receitas obtidas a partir da efetivação do lote suplementar e da colocação privada simultânea da unidade de ações, US$ 18.843.755,00 foram colocados in trust (em confiança), de um total de US$ 144.468.755,00, ou US$ 10,5 por ação, vendidas na oferta pública, também realizada em confiança.

A GGAC, empresa recém-constituída, possui como finalidade realizar fusões, troca de capitais, aquisições de ativos ou outras combinações comerciais similares.

No comunicado que anunciou a operação, o CEO do Grupo Garnero, Mario Garnero, afirma que os esforços da empresa para identificar um negócio não ficarão limitados a um setor específico ou região geográfica. “Porém, pretendemos concentrar nosso foco inicialmente em empresas situadas na América Latina, com ênfase especial no Brasil, e na Europa”, destaca.

A estratégia será mapear oportunidades, principalmente no segmento de energia, incluindo renováveis, assim como as indústrias de biotecnologia “que operam fora dos países que tenham um grande mercado potencial para cada segmento”.