Governo vê dólar abaixo de R$ 1,80 neste ano, diz fonte

O governo espera que a zona do euro comece a se recuperar da crise atual no segundo semestre deste ano, o que ajudaria a enfraquecer o dólar

São Paulo – O governo federal estima que o dólar ficará abaixo de R$ 1,80 neste ano, disse uma pessoa familiarizada com as discussões sobre o assunto.

O governo espera que a zona do euro comece a se recuperar da crise atual no segundo semestre deste ano, o que ajudaria a enfraquecer o dólar contra outras moedas, disse a pessoa.

O dólar opera em baixa de 1,3 por cento, a R$ 1,8325.

O real caiu 15 por cento nos últimos seis meses e teve o terceiro pior desempenho em relação a outras moedas, segundo levantamento da Bloomberg. Isso ocorre à medida que investidores evitam tomar risco em razão da crise da dívida na Europa.

As quedas da moeda brasileira levaram, em setembro, o Banco Central a reverter sua estratégia de conter a valorização do real, que afetava o setor manufatureiro.

O dólar pode recuar para menos de R$ 1,80 caso haja uma trégua nas notícias ruins da Europa, disse José Carlos Amado, operador de câmbio da Renascença DTVM Ltda. O próprio fluxo cambial pode ficar positivo em 2012 com entradas na forma de investimento direto como de aplicações financeiras, disse ele. A corretora vê a moeda americana oscilando entre R$ 1,75 e R$ 1,85 neste ano.

“Quando o governo fala em dólar abaixo de R$ 1,80 é porque já tem informação sobre o fluxo”, disse Amado em entrevista por telefone, de São Paulo. “No Brasil temos uma situação econômica melhor do que em outros países com investimento direto que pode fazer diferença e com pequenas empresas captando lá fora, o que criaria um colchão de dólares.”

O relatório Focus divulgado hoje mostra que analistas preveem que o dólar chegará a R$ 1,77 ao fim deste ano. Na semana passada a projeção estava em R$ 1,75.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse em 19 de dezembro que o governo tomará medidas para prevenir uma “excessiva” apreciação do real para evitar prejuízos a indústria local.