Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

GOL reduz prejuízo e ações sobem mais de 5% na Bolsa

No quarto trimestre de 2016, a companhia teve prejuízo de 30,2 milhões de reais, bem menor que o resultado negativo registrado anteriormente

São Paulo – As ações preferenciais da GOL abriram o pregão em alta na manhã desta sexta-feira (17). Os papéis da companhia registravam ganhos de 5,38% e eram comercializados em 8,22 reais.

A GOL divulgou hoje, antes da abertura do mercado, os dados referentes ao quarto trimestre do ano passado. No período, foi registrado um prejuízo líquido de 30,2 milhões de reais, bem menor que o resultado negativo de 1,13 bilhão de reais no último trimestre de 2015.

A receita operacional líquida da companhia aérea aumentou 0,5% na comparação anual, para 2,664 bilhões de reais, puxada principalmente pelo aumento de 19% na tarifa média, compensado pela queda de 18,8% na disponibilidade de assentos.

No acumulado de 2016, o lucro líquido registrado para o ano de 2016 foi de 1,1 bilhão de reais, sobre uma receita de 9,9 bilhões de reais, representando uma margem líquida de 11,2%. O lucro por ação reportado para o ano de 2016 foi de 3,17 reais.

Perspectivas

Para 2017, a Gol projeta receita líquida de aproximadamente 10 bilhões de reais, o que, se confirmado, renovará o recorde de 9,867 bilhões de reais estabelecido em 2016.

A companhia aérea manteve a estimativa de uma taxa de ocupação de 77 a 79% neste ano, frota de 115 aeronaves e redução de 3 a 5% na oferta total de assentos.

Já a previsão da margem Ebit em 2017 foi revisada para 6 a 8%, de 5 a 7% anteriormente. No ano passado, a margem Ebit foi de 7,1%.

A Gol ainda estima margem Ebitda de 11 a 13% neste ano, ante 11,6% em 2016.