Eletrobras afunda na B3 enquanto mercado sonha com privatização

Entre as empresas do setor elétrico, a companhia apresenta o pior resultado na Bolsa de janeiro a julho deste ano

São Paulo – A proposta de reforma do setor elétrico apresentada pelo governo nesta semana animou o mercado. A possibilidade de facilitar as privatizações das hidrelétricas fez com que as ações das companhias disparassem.

Somente, as ações preferenciais da Eletrobras fecharam a semana em alta de 15%. Já as ordinárias acumulam ganhos de 28%.

O governo estima que deve arrecadar 30 bilhões de reais com a venda das usinas antigas da Eletrobras.

Entre as empresas do setor elétrico, a estatal é a que apresenta o pior resultado na Bolsa. Desde janeiro, os papéis preferenciais acumulam perdas de 20,20% e os ordinários de 30,60%. Os dados fazem parte da consultoria Economatica a pedido de EXAME.com.

Com isso, a companhia viu seu valor de mercado encolher em quase 10 bilhões de janeiro até julho. Atualmente, o valor de mercado da Eletrobras é estimado em 22,28 bilhões de reais.

Outras duas empresas que têm apresentado resultado negativo na B3 é a Engie Brasil e a Copel, com queda de 0,77% e 0,58%, respectivamente.

A Engie viu seu valor de mercado encolher 600 milhões de reais, enquanto a perda da Copel em valor de mercado foi de 163 milhões de reais.

Estas três companhias são as únicas que registram desempenho negativo na Bolsa desde janeiro.

O destaque positivo entre as empresas do setor é a Light. As ações ordinárias acumulam valorização de 34% de janeiro a julho deste ano.

A empresa tem valor de mercado estimado em 4,74 bilhões de reais, um aumento de mais de 1,2 bilhão de reais na comparação com janeiro deste ano.

Já a Eletropaulo acumula ganhos de 15,90% nos primeiros sete meses deste ano.

Confira abaixo o desempenho das ações do setor de janeiro a julho deste ano.

Empresa Ticker Desempenho acumulado no ano em %
Light S/A LIGT3 34,10
Energisa ENGI11 27,93
Renova RNEW11 26,67
Cesp CESP6 19,85
Eletropaulo ELPL4 15,90
Cemig CMIG4 13,92
Copel CPLE3 11,69
CPFL Renovav CPRE3 11,12
Cemig CMIG3 10,28
Taesa TAEE11 9,48
Alupar ALUP11 9,03
CPFL Energia CPFE3 5,71
Energias BR ENBR3 5,60
Tran Paulist TRPL4 3,90
AES Tiete E TIET11 3,85
Equatorial EQTL3 1,54
Copel CPLE6 -0,58
Engie Brasil EGIE3 -0,77
Eletrobras ELET6 -20,20
Eletrobras ELET3 -30,60