Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

Dólar cai e tem maior recuo semanal em quase seis meses

O dólar recuou 0,89%, a 3,2700 reais na venda, acumulando na semana perdas de 3,56%, a maior queda semanal desde o período encerrado em 1º de julho

São Paulo – O dólar fechou esta sexta-feira em baixa de quase 1 por cento ante o real, acumulando na semana a maior perda em quase seis meses, influenciado por algum fluxo de ingresso de recursos em novo dia de volume baixo de negociação com a proximidade do Natal.

O dólar recuou 0,89 por cento, a 3,2700 reais na venda, acumulando na semana perdas de 3,56 por cento, a maior queda semanal desde o período encerrado em 1º de julho (-4,35 por cento).

O dólar futuro cedia 0,55 por cento no final desta tarde. Na mínima do dia, a moeda norte-americana foi a 3,2585 reais e, na máxima, a 3,2935 reais.

“Houve fluxo de entrada de recursos e redução da posição comprada de investidores estrangeiros”, comentou o sócio-diretor da gestora Jive Asset Management, Leonardo Monoli.

Nesta tarde, o dólar era negociado em queda diante de moedas de alguns países emergentes, como os pesos mexicanos, chileno e o rand sul-africano.

A melhora do clima nessa reta final do ano também contribuía para a trajetória de baixa do dólar ante o real.

“O governo está tentando implementar uma agenda positiva com as medidas dos últimos dias e há perspectiva de recuo da inflação, corte dos juros e economia querendo pegar tração”, resumiu o operador da Advanced Corretora, Alessandro Faganello.

Na véspera, o governo do presidente Michel Temer anunciou proposta de minirreforma trabalhista com 12 pontos da Convenção Coletiva de Trabalho (CLT) que poderão passar a ser negociados, incluindo jornada de trabalho, e permitiu que os trabalhadores saquem recursos integrais de contas inativas do FGTS.

O Banco Central não anunciou intervenções no mercado de câmbio nesta sessão. Ele atuou a última vez no dia 13 de dezembro, por meio de leilão de linha –venda de dólares com compromisso de recompra.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Os politicos do Brasil acabaram com a credibilidade do Brasil e agora estao tentando convencer os investidores que tudo mudou. A pura realidade e que na minha opiniao pessoal o dollar chegara a 5 reais em 2-3 anos. Acho o dolar ainda um perfeito investimento no Brasil. A meu respeito, faco investimentos ha mais de 25 anos e previ a queda do real em 2014 quando era 2.2 para um dollar para 4 reais por um dolar. Presenciei um peso argentino iqual 0.98 do dollar hoje um dollar esta entre 16 e 17 pesos. Eu vi um dolar iqual a 3.3 pesos mexicanos. Hoje esta um dolar entre 19 e 20 pesos mexicanos. Salvei a empresa de um amigo meu no Mexico. E meu amigo ate hoje. Nao acredite no ministro do Brasil das financas, o pais esta quebrado e so limitando os gastos. E tudo mentira. A historia sempre se repete. Voces vao ver um dia o real desaparecer, pois a moeda vai ser que ser trocada. Nao precisa acreditar. O tempo vira.