Dois fatores que explicam o novo rali da Bitcoin

A mais famosa moeda virtual chegou a ser negociada na casa dos 1,800 dólares na última semana

São Paulo – A Bitcoin, moeda virtual mais conhecida entre os investidores, está em disparada e acumula valorização de mais de 80% nos últimos dois meses.

Em alta, a criptomoeda chegou a valer mais de 1,800 dólares (R$ 5,600) nesta semana, mas fechou com queda de 4,29% na sexta-feira. Atualmente, existem 16 milhões de Bitcoins em circulação.

Com a valorização,  o valor de mercado da moeda alcançou 30 bilhões de dólares.

Entre os motivos que têm influenciado  o desempenho da Bitcoin está o aumento da circulação da criptomoeda, após o Japão regulamentar a utilização como forma de pagamento. No país, os consumidores podem pagar até mesmo a conta de luz com a moeda.

O mercado segue otimista para que a SEC, Comissão de Valores Imobiliários dos Estados Unidos, aprove o primeiro ETF atrelado à moeda.

Com a aprovação da SEC, o fundo aumentaria a possibilidade da bitcoin operar dentro de mercados que já são regulados.

Além dos Estados Unidos e Japão, a China, Rússia e o México estão em processo de regulamentação de leis sobre o uso de moedas digitais.