CMN autoriza instituições estrangeiras a investir em títulos

O Conselho Monetário Nacional autorizou organismos internacionais a aplicar em títulos públicos brasileiros, visando benefícios a projetos de infraestrutura

Brasília – O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou organismos internacionais a aplicar em títulos públicos.

Antes, essas instituições podiam usar recursos captados no mercado brasileiro apenas na concessão de crédito ao setor privado e em títulos privados no país.

Essa alteração, explicaram técnicos do Banco Central, possibilita a oferta, por parte dos organismos financeiros internacionais, de produtos financeiros, em especial de longo prazo.

A avaliação é de que essa medida pode trazer possíveis benefícios a projetos de infraestrutura no Brasil. Isso ainda ajudará a melhorar a liquidez desses organismos enquanto eles executam projetos de investimento no Brasil.