Cielo e Redecard sobem após recomendação do Credit Suisse

Banco avalia que o mercado superestima o impacto da entrada de novos participantes

São Paulo – As ações da Cielo (CIEL3) e Redecard (RDCD3) avançam nesta quarta-feira após o Credit Suisse elevar a recomendação para as empresas. Segundo o banco, o mercado tem superestimado o impacto da entrada de novos participantes no setor de meios de pagamentos.

Na máxima do dia, as ações da Cielo subiam 1,73%, para 38,81 reais. Os papéis da Redecard avançavam 2,2%, para 23,30 reais. O banco elevou a recomendação das duas maiores processadoras de cartões do Brasil para desempenho acima da média do mercado (outperform).

O analista Victor Schabbel elevou o preço-alvo de Cielo de 39 para 50 reais e de Redecard de 20 para 29 reais. Os novos valores representam um potencial de valorização de 31% e 27%, na comparação com o último fechamento.

O mercado estava temeroso com a entrada de novas participantes no mercado após a quebra da exclusividade das bandeiras Visa e Mastercard. O Bradesco e o Banco do Brasil lançaram o cartão ELO e o Santander a credenciadora GetNet.

Análises

A elevação do Credit Suisse é a mais recente de uma série de revisões dos analistas do mercado para as ações das duas companhias. O HSBC, Itaú BBA, Spinelli e Ágora, estão entre os que recentemente passaram a projetar um cenário melhor para ambas.