Brent opera acima US$47 com suporte de novo corte da oferta

Um protesto relacionado a salários que fechou o terminal de petróleo da Líbia de Hariga forçou a operadora do campo de Sarir a suspender a produção

Londres – O petróleo tipo Brent operava acima de 47 dólares por barril nesta terça-feira com a ajuda de uma nova interrupção de fornecimento na Líbia, mas preocupações sobre um excesso de oferta global da commodity e de combustíveis limitava os ganhos.

Um protesto relacionado a salários que fechou o terminal de petróleo da Líbia de Hariga forçou a operadora do campo de Sarir a suspender a produção de 100 mil barris por dia.

“Estamos prestes a entrar num período em que o mercado de petróleo pode começar a sentir-se mais plenamente pressionado pelo retorno do Irã”, disse Olivier Jakob, da consultoria Petromatrix.

“A Arábia Saudita está saindo de seu pico de demanda sazonal exatamente quando as margens globais de refino estão sob forte pressão, e isso não é uma boa combinação.”

O mercado também aguardava os dados de estoque de petróleo dos Estados Unidos previstos para terça e quarta-feira para ajudar a dar sentido aos preços.

O petróleo tipo Brent operava praticamente estável, com alta de 0,06 por cento para 46,99 dólares por barril às 10:23 (horário de Brasília). Já o petróleo nos Estados Unidos caía 0,33 por cento, a 45,09 dólares por barril.