Dólar R$ 3,15 -1,03%
Euro R$ 3,70 0,06%
SELIC 9,25% ao ano
Ibovespa 1,09% 68.715 pts
Pontos 68.715
Variação 1,09%
Maior Alta 4,27% BBSE3
Maior Baixa -2,04% JBSS3
Última atualização 18/08/2017 - 17:20 FONTE

Ibovespa sobe pelo quarto dia, seguindo bolsas dos eua

O Ibovespa subiu 0,17 por cento nesta quarta-feira, a 59.364 pontos, o giro financeiro da sessão foi de 5,5 bilhões de reais

São Paulo – A Bovespa emendou a quarta alta seguida, seguindo o comportamento dos índices das bolsas dos Estados Unidos, apesar do retorno das preocupações com a crise da dívida na Europa.

O Ibovespa subiu 0,17 por cento nesta quarta-feira, a 59.364 pontos. O giro financeiro da sessão foi de 5,5 bilhões de reais.

Em Nova York, o índice Dow Jones subia 0,08 por cento, às 18h25 (horário de Brasília), enquanto o Standard & Poor’s 500 tinha baixa de 0,03 por cento.

“Pela manhã houve uma aversão a risco, com a realidade (da situação da crise na Europa) voltando a pesar depois do rali de alta dos últimos dois dias”, afirmou o economista-chefe da Sul América Investimentos, Newton Rosa. Segundo ele, o comportamento mudou pela tarde devido a melhora no humor externo.

Nos EUA, a divulgação de um dado econômico positivo favoreceu as bolsas. As encomendas de bens manufaturados aumentaram 1,8 por cento, revertendo dois meses consecutivos de declínio. Esta foi a maior alta desde julho.

O indicador aliviou o pessimismo causado pelo banco italiano UniCredit, que lançou 7,5 bilhões de euros (9,8 bilhões de dólares) em direitos de subscrição com um elevado desconto, mostrando a luta dos credores europeus em levantar capital e enfrentar a crise.

Entre as ações que compõem o Ibovespa, o setor de siderurgia e mineração foi o destaque de alta, após operarem em baixa pela manhã. Gerdau subiu 1,65 por cento, a 15,40 reais, enquanto a preferencial da Vale teve ganhos de 0,79 por cento, a 40,79 reais.

Ainda entre as blue chips, a preferencial da Petrobras valorizou 0,71 por cento, a 22,57 reais.

Na outra ponta, Localiza registrou a maior queda, de 3,79 por cento, a 26,65 reais, seguida pela Brasil Telecom, com perdas de 3,57 por cento, a 11,07 reais.

Fora do índice, o destaque foi HRT, que recuou 19,8 por cento, a 405,01 reais, dando continuidade ao movimento de terça-feira, quando caiu 12,9 por cento. Na ocasião, a empresa anunciou estimativas positivas de produção de gás, mas dados fracos em potencial de óleo em uma de suas descobertas na Amazônia.