Dólar R$ 3,15 -1,03%
Euro R$ 3,70 0,06%
SELIC 9,25% ao ano
Ibovespa 1,09% 68.715 pts
Pontos 68.715
Variação 1,09%
Maior Alta 4,27% BBSE3
Maior Baixa -2,04% JBSS3
Última atualização 18/08/2017 - 17:20 FONTE

Bovespa fica volátil com OGX, Vale e Petrobras

Desde a abertura, o Ibovespa oscila entre altas e baixas, refletindo o vaivém das blue chips

São Paulo – A volatilidade dá o tom dos negócios na Bovespa na manhã desta quinta-feira, 09. Desde a abertura, o Ibovespa oscila entre altas e baixas, refletindo o vaivém das blue chips Vale, Petrobras e, principalmente, OGX, que responde pela maior parte do volume negociado, segundo operadores.

Profissionais de renda variável destacam também que o volume negociado é fraco para o horário.

Às 11h13, o Ibovespa estava estável (+0,00%), aos 55.806,63 pontos. Na mínima pontuação do dia, mais cedo, caiu 0,30%, aos 55.639 pontos. Na máxima, subiu 0,40%, aos 56.025 pontos. O volume negociado até o horário totalizava R$ 982 milhões. A projeção, até o fim do dia, era de R$ 6,66 bilhões.

Petrobras subia 0,68% e 0,05% nas ações ON e PN, respectivamente, enquanto Vale tinha altas de 0,12% e 0,26% nos papéis ON e PNA, no mesmo horário. OGX caía 1,14% e estava na oitava posição do ranking de maiores baixas do Ibovespa.

No mesmo horário, em Nova York, o Dow Jones tinha leve queda de 0,09%, o S&P 500 tinha baixa de 0,19% e o Nasdaq, -0,12%, apesar de dados positivos sobre o mercado de trabalho dos Estados Unidos. No país, os pedidos de auxílio-desemprego caíram mais que o esperado na semana passada e se mantiveram no menor nível em cinco anos.

Na China, a inflação ao consumidor acelerou para 2,4% em abril, na comparação interanual, de 2,1% em março e 2,2% previstos, o que afasta a possibilidade de estímulos monetários.