Bovespa busca se sustentar no azul com Petrobras e educação

Na máxima mais cedo, o índice superou os 64 mil pontos pela primeira vez desde abril de 2012

São Paulo – O principal índice da Bovespa buscava se sustentar no azul nesta quarta-feira, com as ações da Petrobras e de companhias de educação entre os principais suportes positivos, embora o avanço fosse limitado diante da série de quatro sessões de alta até a véspera.

Às 11:51, o Ibovespa subia 0,09 por cento, a 63.837,6372876 pontos. Na máxima mais cedo, o índice superou os 64 mil pontos pela primeira vez desde abril de 2012. O giro financeiro era de 1,6 bilhão de reais.

No exterior, Wall Street mostrava ganhos modestos um dia após o S&P 500 registrar a melhor sessão do mês em meio a resultados corporativos animadores.

“Depois da alta generalizada de ontem dos mercados acionários espalhados pelo mundo, o dia está sendo meio de ressaca” escreveu o economista-chefe da corretora Modalmais, Alvaro Bandeira, em nota a clientes.

No front local, o mercado aguarda para o fim do dia a decisão do Banco Central sobre os juros básicos, com ampla expectativa por corte da Selic, atualmente em 14,25 por cento ao ano.

Destaques

– PETROBRAS PN subia 0,92 por cento e PETROBRAS ON ganhava 1,06 por cento, mantendo o bom humor visto nos últimos pregões em meio a uma série de notícias otimistas sobre a gestão da companhia e à recente alta nos preços do petróleo, o que levou o papel preferencial da empresa a acumular alta de 28 por cento no mês até a véspera. A sessão era marcada ainda por novos ganhos nos preços do petróleo .

– KROTON avançava 2,59 por cento e ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES tinha alta de 2,47 por cento, mantendo os ganhos da véspera após o Congresso Nacional aprovar um crédito de 702,5 milhões de reais para o Fies.

– BM&FBOVESPA tinha valorização de 1,74 por cento com investidores à espera do julgamento do Carf envolvendo a operadora da bolsa paulista em processo fiscal.

– USIMINAS PNA subia 1,92 por cento, entre as maiores altas do Ibovespa, após analistas do Itaú BBA melhorarem a recomendação para o papel da empresa.

– EMBRAER perdia 1,6 por cento, entre as maiores quedas do índice, em meio à recente desvalorização do dólar frente ao real e após subir 13 por cento nas quatro sessões anteriores.

– GAFISA, que não faz parte do Ibovespa, avançava quase 4 por cento, após a empresa divulgar dados do terceiro trimestre que mostraram crescimento das vendas e lançamentos no período.