Bolsas de Buenos Aires e Santiago fecham em alta

O índice Merval, da Bolsa de Buenos Aires, fechou nesta segunda-feira em alta de 0,38%, para 2.780,51 pontos.

O Índice Geral da Bolsa, por sua vez, caiu 0,14%, para 155.266,16 pontos, enquanto o Merval 25 avançou 0,36%, para 2.849,94. O giro financeiro do pregão foi de 56,3 milhões de pesos (US$ 13 milhões), com 28 papéis em alta, 14 em queda e 10 estáveis.

Entre os títulos que fazem parte do Merval, as principais altas foram as do Banco Patagonia (2,99%), Banco Macro (2,78%) e Pampa Energia (1,90%). Já as quedas mais significativas foram as da Sociedad Comercial del Plata (-1,81%) e Aluar (-1,34%).

No mercado de câmbio, o dólar fechou estável, com 4,29 pesos para a compra e a 4,33 pesos para a venda. 

O índice IPSA, da Bolsa de Valores de Santiago do Chile, fechou nesta segunda-feira em alta de 0,09%, para 4.205,19 pontos. O índice geral da bolsa chilena, o IGPA, subiu 0,15%, para 20.275,49 pontos. O giro financeiro foi de 92,147 bilhões de pesos (US$ 180,68 milhões), em 5.836 operações. 

O principal indicador da Bolsa Mexicana de Valores, o Índice de Preços e Cotações (IPC), fechou nesta segunda-feira em baixa de 0,05% (18,71 pontos), até os 36.785,34 pontos. Durante o pregão, foram negociados 251,9 milhões de títulos, pelos quais foram pagos 7.155 bilhões de pesos (US$ 522 milhões).

Ao todo, foram negociados cotas de 87 empresas, sendo que 38 ganhram, 39 perderam e 10 permaneceram estáveis.