Bolsas chinesas sobem com expectativas de reforma da indústria

Índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,49 por cento

Xangai / Hong Kong – Os mercados da China começaram a semana em alta, liderados por ações do setor de defesa, à medida que mais empresas estataisavaliam os planos para promover reformas de propriedade mista.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,49 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,55 por cento.

A reforma das empresas estatais tem direcionado os mercados nas últimas semanas, já que a China prometeu impulsionar reformas de propriedade mista nos principais setores, incluindo aviação, defesa, petróleo e telecomunicações.

O restante da região mostrou-se cautelosa antes de uma entrevista à imprensa do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, na quarta-feira, onde suas opiniões sobre o comércio global e a China serão cuidadosamente examinadas para futuras implicações políticas.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,07 por cento às 7:28 (horário de Brasília).

. Em Tóquio, o índice Nikkei permaneceu fechado.

. Em Hong Kong, o índice HANG SENG subiu 0,25 por cento, a 22.558 pontos.

. Em Xangai, o índice SSEC ganhou 0,55 por cento, a 3.171 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,49 por cento, a 3.364 pontos.

. Em Seul, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,02 por cento, a 2.048 pontos.

. Em Taiwan, o índice TAIEX registrou baixa de 0,32 por cento, a 9.342 pontos.

. Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,64 por cento, a 2.981 pontos.

. Em Sydney o índice S&P/ASX 200 avançou 0,90 por cento, a 5.807 pontos.