Bolsas chinesas caem e revertem maior parte dos ganhos da semana

Índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,56 por cento

Xangai / Cingapura – Os principais mercados acionários da China caíram nesta sexta-feira, com os investidores afastando-se das ações de corretoras e de papéis recentemente listados depois de uma alta recente, revertendo a mair parte dos ganhos desta semana.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,56 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,86 por cento.

Na semana, o CSI e SSEC avançaram 0,2 por cento.

As ações de corretoras tiveram forte alta no início desta sexta-feira, depois que o regulador chinês de títulos disse na quinta-feira que vai relaxar certas regras sobre o mercado futuro, conforme o governo começa a ceder gradualmente nas restrições impostas durante a crise do mercado de 2015.

Mas a maior parte dos ganhos das ações de corretoras foi revertida mais tarde na sessão, pressionando o mercado em geral.

Já o índice MSCI teve leve recuo após a recente alta com os ivestidores realizando lucros.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,31 por cento às 7:44 (horário de Brasília), a caminho de terminar a semana com alta de 1,2 por cento, seu quarto ganho semanal consecutivo.

. Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 0,58 por cento, a 19.234 pontos.

. Em Hojng Kong, o índice HANG SENG caiu 0,31 por cento, a 24.033 pontos.

. Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,86 por cento, a 3.201 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,56 por cento, a 3.421 pontos.

. Em Seul, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,06 por cento, a 2.080 pontos.

. Em Taiwan, o índice TAIEX registrou baixa de 0,12 por cento, a 9.759 pontos.

. Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,35 por cento, a 3.107 pontos.

. Em Sydney o índice S&P/ASX 200 recuou 0,18 por cento, a 5.805 pontos.