Bolsas asiáticas se recuperam e fecham em alta

Hong Kong subiu 1,7% e ganhou 335,96 pontos, encerrando aos 20.014,43 pontos

Tóquio – A maioria das Bolsas da Ásia fechou em alta. Além do fechamento positivo em Wall Street e da renúncia anunciada do primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, os investidores mostraram animação com os números da inflação chinesa.

Este foi o caso na Bolsa de Hong Kong, que teve forte elevação. O índice Hang Seng ganhou 335,96 pontos, ou 1,7%, e encerrou aos 20.014,43 pontos.

As Bolsas da China encerraram dois pregões seguidos de queda, após o índice de preços ao consumidor (CPI) de outubro (5,5%) vir abaixo do de setembro (6,1%) e confirmar a redução das pressões inflacionárias domésticas. O índice Xangai Composto subiu 0,8% e terminou aos 2.524,92 pontos. O índice Shenzhen Composto avançou 1,6% e fechou aos 1.071,04 pontos.

O iuane subiu ante o dólar em linha com a orientação do banco central chinês por meio da taxa de referência diária sobre a moeda americana, embora os ganhos tenham sido limitados pelos dados de inflação do país, que mostraram menor pressão em outubro. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3402 iuanes, de 6,3462 iuanes ontem. A taxa de paridade central dólar-iuane foi fixada em 6,3207 iuanes, de 6,3247 iuanes ontem.

Já a Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, apresentou ligeira alta, com os investidores observando o momento chinês e andando de lado à espera de redução na política de aperto monetário da China. O índice Kospi ganhou 0,2% e terminou aos 1.907,53 pontos.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou em baixa, com a saída de fundos estrangeiros diante da perspectiva de um 4º trimestre fraco e das persistentes dúvidas sobre a zona do euro. O índice Taiwan Weighted recuou 0,51% e terminou aos 7.561,86 pontos.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney fechou em alta, com as ações de mineradoras e de consumo discricionário liderando o mercado. O índice S&P/ASX 200 registrou avanço de 1,22%, terminando aos 4.346,10 pontos.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, também fechou em alta. O índice PSE subiu 0,73% e encerrou aos 4.346,20 pontos.

A Bolsa de Cingapura terminou em baixa, com os investidores realizando lucros depois do rali das últimas duas sessões, com a companhia de commodities Wilmar International também como um fator negativo. O índice Straits Times recuou 0,3% e fechou aos 2.858,66 pontos.


O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, subiu 1,4% e fechou aos 3.857,36 pontos, impulsionada por ações relacionadas ao petróleo e financeiras.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, perdeu 1,6% e fechou aos 967,84 pontos, com realizações de lucros após a forte alta de 2,9% ontem.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,6% e fechou aos 1.489,64 pontos, acompanhando as demais regionais. As informações são da Dow Jones