Bolsas asiáticas fecham mistas após avanços em NY

O bom desempenho da Bolsa de Tóquio também contribuiu para que o bom humor se disseminasse pela região

São Paulo – As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta sexta-feira, mas a maioria dos índices subiu, em reação aos avanços das bolsas de Wall Street na sessão de ontem.

O bom desempenho da Bolsa de Tóquio também contribuiu para que o bom humor se disseminasse pela região. Por outro lado, o índice Xangai Composto encerrou o pregão em terreno negativo, acompanhando o movimento das ações de petrolíferas.

Na China, as bolsas fecharam em queda, pressionadas pelas ações de petrolíferas, que caíram em meio à realização de lucros após os ganhos registrados no pregão anterior. O índice Xangai Composto perdeu 1,2%, a 2.113,69 pontos, enquanto o Shenzhen Composto recuou 0,4%, a 1.135,01 pontos.

Analistas preveem que os mercados chineses podem se desvalorizar ainda mais nas próximas sessões, com os investidores evitando blue chips como papéis do setor financeiro, após os últimos dados chineses de manufatura indicarem que a economia do país pode enfrentar nova pressão de baixa no futuro, especialmente sob condições apertadas de liquidez.

Entre as ações, a Sinopec recuou 3,1%, enquanto a PetroChina e a China Oilfield Services perderam 3,9% e 4,1%, respectivamente.

O Hang Seng, da Bolsa de Hong Kong, subiu 0,8%, a 22.568,24 pontos. O índice avançou apesar da queda de 2,35% dos papéis da Lenovo, cuja participação nas vendas de smartphones caiu no quarto trimestre do ano passado.


Já o índice filipino PSEi perdeu 0,70%, a 6.308,36 pontos, apagando os ganhos das últimas sessões.

Os demais índices da região fecharam em campo positivo diante do avanço das bolsas de Nova York, que ontem ignoraram os dados econômicos mistos dos EUA e encerraram o último pregão perto de níveis recordes.

O principal índice acionário de Taiwan, o Taiex, avançou 0,9%, a 86.01,86 pontos, sustentado por ações de empresas financeiras e de tecnologia, atingindo seu maior nível em um mês.

Enquanto isso, o índice sul-coreano Kospi avançou 1,41%, a 1.957,83 pontos, com destaque para a alta de 3,42% dos papéis da Samsung.

O índice S&P/ASX 200, da Bolsa de Sydney, na Austrália, subiu 0,5% e encerrou o dia a 5.438,70 pontos. Entre as ações, a Insurance Australia Group subiu 0,5%, após anunciar que seu lucro líquido avançou 39% em seu primeiro semestre fiscal. Já os papéis do National Australia Bank caíram 1,8%.