Bolsa de Tóquio sobe 0,1% com PIB da China

Os dados do segundo trimestre do PIB da China, ansiosamente aguardados pelo mercado, adicionaram um vislumbre de esperança no mercado

Tóquio – Após seis pregões seguidos de queda, a Bolsa de Tóquio teve modestos ganhos nesta sexta-feira. Os dados do segundo trimestre do PIB da China, ansiosamente aguardados pelo mercado, adicionaram um vislumbre de esperança em relação ao crescimento econômico chinês. Também ajudaram seletos peso pesados com exposição à China, como Komatsu e JFE Holdings, a terem um desempenho acima do mercado geral.

O Nikkei subiu 4,11 pontos, ou 0,1%, e terminou aos 8.724,12 pontos, após queda de 1,5% na sessão de quinta-feira. Na semana, o índice acumulou baixa de 3,3% e agora está com alta de 3,2% no ano.

O volume de negociações recuou para 1,62 bilhão de ações, com os investidores andando de lado por causa do feriado de segunda-feira e no aguardo do balanço de empresas norte-americanas, como os bancos JPMorgan Chase e Wells Fargo.

A divulgação do PIB chinês, cujos números, em sua maioria, vieram em linha com as previsões, não impressionou o suficiente para convencer os investidores a comprar. Contudo, o relativamente forte crescimento do investimento chinês em ativos fixos em zonas não-rurais – visto como uma medida de investimentos em projetos de infraestrutura – ajudou as ações com exposição à região. As informações são da Dow Jones.