BB Seguridade vende ação a R$ 17 e oferta gira R$ 11,475 bi

Oferta é a segunda maior já realizada na Bovespa, atrás do Santander Brasil

São Paulo – As ações do IPO do BB Seguridade (BBSE3) foram vendidas a 17 reais, dentro do esperado pelos coordenadores da oferta (15 reais a 18 reais), mostra o site da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) nesta quinta-feira. A oferta girou, no total, 11,475 bilhões de reais. Em conjunto com a operação da Smiles, o volume financeiro captado em 2013 com IPOs já supera o visto no “boom” de 2007 – até o final de abril.

Os papéis serão negociados no Novo Mercado da Bovespa, o nível mais alto de governança corporativa da bolsa. Foram ofertadas 500 milhões de ações ordinárias, além de um lote suplementar de 75 milhões de ações, e de outro lote adicional de 100 milhões de ações. Todos os papéis foram vendidos.

Como a distribuição é do tipo secundária, os recursos da venda ficarão com o acionista vendedor que no caso é o Banco do Brasil. O IPO tem como coordenador-líder o BB Investimentos. As ações estreiam na bolsa na próxima segunda-feira, dia 29 de abril. A oferta é a segunda maior já realizada na Bovespa, atrás do Santander Brasil em outubro de 2009.

Suspensão

O início das negociações seria no dia 25 de abril, mas no dia 12 de abril a CVM suspendeu a oferta da BB Seguridade por 30 dias.

De acordo com comunicado divulgado pela Superintendência de Registro de Valores Mobiliários, a suspensão foi motivada pela utilização de materiais publicitários irregulares na divulgação da oferta. Cinco dias depois, a CVM autorizou a retomada da oferta.

No entanto, no dia 17 de abril, em comunicado divulgado ao mercado, a BB Seguridade informou que a CVM autorizou a retomada da oferta.