Ativos brasileiros são negociados com forte baixa em Wall Street

Entre os fundos de índices, o EWZ despencava 13,13% no pré-mercado eletrônico da Bolsa de Nova York

Londres – Os ativos brasileiros ou ligados ao País são negociados com forte baixa em Wall Street, em reação ao aumento da aversão ao risco do investidor estrangeiro nesta quinta-feira, 18, por conta da nova crise política que paira sobre o Brasil.

Entre os fundos de índices (ETFs, na sigla em inglês), o iShares MSCI Brazil Capped, ou EWZ, como é mais conhecida a maior carteira ligada ao Brasil, despencava 13,13% no pré-mercado eletrônico da Bolsa de Nova York, às 6h36 (horário de Brasília).

Essa carteira conta com ativos de cerca de US$ 4 bilhões. O ETF é um fundo de investimento que simula o mercado de ações e tem como característica a negociação em bolsa. Ele costuma ser um termômetro para a tendência do mercado acionário no Brasil.