Dólar R$ 3,18 0,40%
Euro R$ 3,73 0,23%
SELIC 9,25% ao ano
Ibovespa 2,01% 70.011 pts
Pontos 70.011
Variação 2,01%
Maior Alta 8,58% CMIG4
Maior Baixa -1,11% MRFG3
Última atualização 22/08/2017 - 17:20 FONTE

Analista reforça recomendação de compra às ações da PDG

Prêmio em relação aos outros papéis do setor é visto como justo

São Paulo – Os resultados operacionais da PDG Realty (PDGR3) em 2011 animaram os analistas do mercado financeiro. A empresa revelou ter atingido a meta de lançamentos de 9 bilhões de reais para o ano. O valor é 28,6% maior que o visto em 2010. As ações acumulam uma alta de 8% apenas nesta semana.

Em relação ao trimestre anterior, contudo, os lançamentos caíram 4,2%. “Embora tenha apresentado desaceleração, a PDG conseguiu cumprir o piso do seu guidance de lançamentos, de R$ 9 a 10 bilhões para o ano, em linha com as nossas estimativas, além de ter apresentado vendas sólidas no quarto trimestre”, diz Luciana Leocadio, da Ativa Corretora, em um relatório.

“Estamos confiantes que a empresa continuará a apresentar resultados sólidos em 2012, levando o Retorno sobre o Patrimônio Líquido de volta à faixa entre 15-20%, gerando fluxo de caixa livre, com expectativas de recuperação do prêmio perdido para seus pares no final do ano passado”, ressaltam Felipe Rodrigues e Leonardo Martin, do HSBC.

Ações

“Reforçamos nossa recomendação de compra para as ações da PDG e preço-alvo de R$ 9,50 para dezembro de 2012”, destacam os analistas Iago Whately e René Brandt, da Fator Corretora.

Segundo eles, as ações negociam a 0,71 vez o preço sobre o valor patrimonial por ação (P/VPA), o que representa um prêmio à média do setor, de 0,64 vez, “o que achamos justificado em função da rentabilidade futura superior”, ressaltam.