Alemanha vende 3,9 bi de euros com yield negativo

É a primeira vez que o país paga um retorno ao investidor negativo

Frankfurt – O governo federal da Alemanha vendeu hoje 3,9 bilhões de euros em um leilão de títulos de seis meses (conhecidos como bubills), segundo informou o banco central (Bundesbank). Pela primeira vez na história, o país pagou um yield (retorno ao investidor) negativo.

A Alemanha ofertou 4 bilhões de euros no título com vencimento em 11 de julho. O país recebeu 7,080 bilhões de euros em ofertas, mas aceitou apenas os 3,9 bilhões de euros mencionados acima, o que gerou uma taxa bid to cover de 1,8 (ante 3,8 na venda anterior desses bônus). O yield médio ficou em -0,0122%, após 0,0005% no leilão anterior.

Segundo o Bundesbank, 50% das ofertas no yield máximo foram aceitas, assim com também foram satisfeitas todas as ofertas não competitivas, com o yield médio ponderado. O banco central ficou com 100 milhões de euros para propósitos de tendência de mercado, o que eleva o volume total da emissão para 4 bilhões de euros, conforme a previsão.

A Agência Financeira Alemã gerencia a dívida federal do país, enquanto o Bundesbank é responsável por realizar os leilões de dívidas. As informações são da Dow Jones.