São Paulo - As decisões de Dilma Rousseff e sua equipe econômica definiram o rumo das ações do Ibovespa - principal índice da bolsa brasileira - em setembro. Enquanto o índice avançou 3,7% no mês, a referência de energia elétrica (IEE) - pressionado pela mudança de regras sobre as novas concessões - despencou 8,3%. Os papéis do setor siderúrgico, beneficiados pelo aumento das tarifas de importação, avançaram.

Tópicos: Bolsas de valores, Bovespa