Agenda do dia tem balanços de TAM, Light, Cesp e Brookfield

Além do Brasil, na Europa, Telefónica, Crédit Agricole e Parmalat informam seus números. Nos Estados Unidos, a NVIDIA veicula balanço

São Paulo – Após o fechamento do mercado, TAM SA, Light SA, Brookfield Incorporações SA e Cia. Energética de São Paulo divulgam seus resultados do primeiro trimestre.

Para acompanhar

A BM&FBovespa SA realiza teleconferências com analistas e investidores, às 9:00 em português e às 11:00 em inglês.

A Suzano Papel e Celulose SA organiza teleconferências com analistas, às 10:00 em português e às 12:00 em inglês.

A Braskem SA promove teleconferências com analistas e investidores, às 10:00 em português e às 12:00 em inglês.

A Cia. de Saneamento Básico do Estado de São Paulo faz teleconferências, às 11:00 em inglês e às 14:00 em português.

O Banco BTG Pactual SA fala com analistas e investidores, às 11:30 em português e às 13:00 em inglês.

A LLX Logística SA entra em teleconferência com analistas e investidores, às 12:00, em inglês com tradução para português.

A Cia. Siderúrgica Nacional SA realiza teleconferência com analistas, às 12:00 em português e às 14:00 em inglês.

Governo

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, tem reuniões de trabalho no Rio de Janeiro.

Balanços

No Brasil, TAM, Light, Brookfield e Cesp divulgam resultados. Na Europa, Telefónica SA, Crédit Agricole SA e Parmalat SpA informam seus números. Nos Estados Unidos, a NVIDIA Corp. veicula balanço.

Empresas

A Petróleo Brasileiro SA (PETR4 BZ) adiou a divulgação do balanço do primeiro trimestre para o dia 15 de maio, próxima terça-feira, disse a empresa em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários. A Petrobras pretendia divulgar os resultados hoje, após o fechamento do mercado.

A Cia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (SBSP3 BZ) registrou lucro líquido de R$ 491,9 milhões no primeiro trimestre, mais que uma vez e meia superior ao registrado em igual período do ano passado, segundo comunicado enviado ontem à Comissão de Valores Mobiliários.


A Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais SA (USIM5 BZ) teve sua nota de crédito rebaixada para Ba2, com perspectiva estável, de Baa3 pela Moody’s Investors Service, segundo comunicado enviado ontem por e-mail pela agência de classificação de risco. O corte foi motivado pela contínua deterioração dos resultados operacionais da Usiminas no primeiro trimestre, em tendência iniciada em 2009, disse a Moody’s.

A Eucatex SA Indústria e Comércio (EUCA4 BZ) decidiu conduzir estudos para promover uma reorganização societária e adesão ao Novo Mercado da BM&FBovespa, que só permite a negociação de ações ordinárias, disse a empresa em comunicado ao mercado ontem.

A BM&FBovespa SA (BVMF3 BZ), controladora da maior bolsa da América Latina, teve lucro líquido acima das estimativas dos analistas no primeiro trimestre com maior volume de negócios impulsionando a receita. A companhia registrou lucro líquido ajustado de R$ 409,2 milhões no primeiro trimestre ante R$ 384,2 milhões um ano antes, segundo comunicado ontem à Comissão de Valores Mobiliários. Estimativas de oito analistas consultados pela Bloomberg apontavam lucro de R$ 410,7 milhões.

A MRS Logística SA (MRSA3 BZ) disse ontem que seu conselho de administração aprovou a emissão de R$ 300 milhões em debêntures com prazo de seis anos, segundo comunicado à Comissão de Valores Mobiliários. Em outro comunicado, a MRS disse que o conselho autorizou a diretoria a buscar recursos de até R$ 75 milhões, com prazo não inferior a cinco anos e taxa de juros limitada a 111 por cento do CDI, disse a empresa.

A Vale SA (VALE5 BZ) declarou força maior nos embarques para um cliente e com um grupo de fornecedores de sua unidade de níquel em Nova Caledônia, no Pacífico Sul, segundo comunicado enviado ontem à Comissão de Valores Mobiliários. A força maior foi motivada por um acidente numa planta de ácido sulfúrico na unidade, que não causou dano ambiental ou deixou feridos, segundo a Vale.

Mercados

O Ibovespa caiu 0,1 por cento e fechou a 59.702,05 pontos.

O dólar caiu 0,8 por cento, para R$ 1,9535.