Ações europeias têm forte alta após medidas do BCE

Às 8h51, o índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, subia 1,54 por cento, a 1.475 pontos

Paris – As ações europeias avançavam nesta sexta-feira, marcando suas melhores duas semanas em cinco anos, uma vez que investidores comemoravam a decisão do Banco Central Europeu (BCE) de comprar títulos governamentais.

Às 8h51, o índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, subia 1,54 por cento, a 1.475 pontos.

Ações cíclicas, como as de montadoras, estavam entre as que mais se favoreciam da queda do euro, aparecendo entre as que mais avançavam, com a BMW em alta de 3,96 por cento e a PSA Peugeot Citroen subindo 2,65 por cento.

“O efeito do QE já está aqui, veja o euro”, disse o analista-chefe de mercado do IG France, Alexandre Baradez.

“A queda da moeda tem sido espetacular. Será um grande impulso para as exportações e vai elevar a confiança entre os executivos de empresas. As indústrias estarão entre as que mais vão ganhar.” Na quinta-feira, o presidente do BCE, Mario Draghi, informou que o banco vai adotar o “quantitative easing” — impressão de dinheiro para comprar títulos governamentais. Junto com esquemas existentes, o programa vai injetar 60 bilhões de euros por mês na economia da zona do euro de março até ao menos setembro do próximo ano.

A perspectiva de QE derrubou o euro nos últimos meses, com a moeda em baixa de cerca de 1 por cento contra o dólar nesta sexta-feira.