Ações europeias avançam; China impulsiona mineradoras

Segundo números preliminares, o índice FTSEurofirst 300 , que reúne as principais ações europeias, fechou em alta de 1,22%

Londres – As ações europeus avançaram a seu maior nível em mais de uma semana nesta sexta-feira, com dados sobre crescimento da China impulsionando ganhos em papéis de mineradoras e ajudando a contrabalançar preocupações sobre a crise da dívida da zona do euro.

Segundo números preliminares, o índice FTSEurofirst 300 , que reúne as principais ações europeias, fechou em alta de 1,22 por cento, aos 1.041 pontos, maior nível de encerramento desde os 1.044 pontos registrados no último dia 5.

O indicador Euro STOXX 50, que abrange as blue chips da zona do euro, ganhou 1,39 por cento, para 2.259 pontos, enquanto o índice STOXX de matérias-primas do continente , que inclui ações de mineradoras, subiu 3,05 por cento.

O gerente de fundos europeus da empresa britânica Ashburton, Richard Robinson, diz ter adicionado recentemente papéis de mineradoras à sua carteira, ao perceber que autoridades de todo o mundo poderiam adotar novas medidas de estímulo para impulsionar a economia.

“Nós nos comprometemos com mais dinheiro nos mercados. Apostamos nos setores de mineração e metais por acreditarmos que parte do fluxo de notícias das próximas semanas será de estímulos”, completou.