Dólar R$ 3,15 -1,03%
Euro R$ 3,70 -0,53%
SELIC 9,25% ao ano
Ibovespa 1,04% 68.683 pts
Pontos 68.683
Variação 1,04%
Maior Alta 4,01% BBSE3
Maior Baixa -3,24% JBSS3
Última atualização 18/08/2017 - 16:18 FONTE

Ações europeias caem após 4 dias, puxadas pelos bancos

Londres – As ações europeias caíram com um volume baixo de negócios nesta quarta-feira, interrompendo quatro dias de ganhos, lideradas pelos bancos depois que o italiano UniCredit precificou sua emissão de direitos com um enorme desconto, realçando a luta que o setor enfrenta para levantar fundos.

O índice FTSEurofirst 300 das principais ações europeias fechou em queda de 0,62 por cento, a 1.021 pontos, em números preliminares, depois de ter subido 4,5 por cento nos quatro dias anteriores. Os papéis do UniCredit foram os de pior desempenho na Europa, em queda de 14,5 por cento, depois de ter lançado uma emissão de direitos dois-por-um, de 7,5 bilhões de euros (9,8 bilhões de dólares), com um desconto de 69 por cento em relação ao preço de fechamento das ações na terça-feira.

“Estamos descobertos em UniCredit; não há dinheiro suficiente para apoiar o setor bancário”, disse o diretor administrativo da SVM Asset Management, Colin McLean. “Os bancos italianos estão sendo impactados pelos problemas de financiamento e eu acredito que eles precisarão de mais emissões de direitos. Eu acho que eventualmente alguns bancos serão quase nacionalizados.”

Em LONDRES, o índice Financial Times declinou 0,55 por cento, a 5.668 pontos.
Em FRANKFURT, o índice DAX baixou 0,89 por cento, para 6.111 pontos.
Em PARIS, o índice CAC-40 teve queda de 1,59 por cento, a 3.193 pontos.
Em MILÃO, o índice Ftse/Mib caiu 2,04 por cento, para 15.327 pontos.
Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou desvalorização de 1,72 por cento, a 8.581 pontos.
Em LISBOA, o índice PSI20 baixou 1,9 por cento, para 5.592 pontos.