10 notícias para lidar com os mercados nesta sexta-feira

Bolsas sobem e títulos da Grécia, Irlanda e Espanha avançam após líderes europeus fecharem pacote de 159 bilhões de euros para conter a crise de crédito na Europa

São Paulo – Aqui está o que você precisa saber nesta sexta-feira (22):

1 Mercados: Bolsas sobem após novo pacote de socorro à Grécia. Os principais índices de ações mundiais operam em alta após líderes europeus anunciarem ontem (21) a noite um novo pacote de ajuda à Grécia, no valor de 159 bilhões de euros (229 bilhões de dólares), que terá participação de detentores privados da dívida. A ajuda procura aliviar o peso da dívida grega e blindar países endividados como Espanha e Itália. Nos Estados Unidos, os índices futuros sinalizam alta para a abertura em Nova York, enquanto o petróleo caminha para a quarta semana de valorização.

2 Negociações sobre dívida dos EUA entram em período crucial. Os esforços para evitar um inédito default por parte dos Estados Unidos entram num momento crucial nesta sexta-feira, com o presidente Barack Obama e os principais parlamentares comprometidos com negociações, às vezes caóticas, para alcançarem um abrangente acordo de redução de dívida. Com o relógio correndo em direção a 2 de agosto, prazo final para que o teto da dívida seja elevado, o presidente do Congresso, o republicano John Boehner, trabalha rumo a um plano que pode incluir até 3 trilhões de dólares em cortes de gastos, mas pode deixar a reforma tributária para depois, disseram assessores do Congresso.

3 Fitch vai declarar default temporário da Grécia. A agência de classificação de risco vai declarar a Grécia em default temporário de sua dívida, devido às medidas acertadas num novo pacote de resgate da Zona do Euro, mas deve assinar os novos ratings com baixo grau especulativo, uma vez que a troca de bônus for concluída. A Fitch disse que a redução nas taxas de juros que a Grécia está pagando em suas dívidas e a extensão dos vencimentos deu ao país a chance de recuperar solvência e de dar suporte a seu rating.

4 Via rápida da CVM impulsiona mercado de títulos corporativos. As emissões locais de títulos de dívida corporativa estão crescendo com empresas como a Mills Estrutura e Serviços e a Lojas Marisa atraindo mercado para ofertas que, no momento da venda, não estão registradas. As emissões totalizaram 42 bilhões de reais este ano até junho ante 35 bilhões de reais um ano antes, de acordo com a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

5 Petrobras tenta, pela terceira vez, aprovar plano de negócios. A diretoria da Petrobras deve apresentar hoje, pela terceira vez, ao Conselho de Administração da estatal o novo plano de negócios para o período 2011-2015. Depois de muita negociação, o valor dos investimentos ficará entre 225 bilhões e 230 bilhões de dólares, pouco acima dos 224 bilhões de dólares previstos no período 2010-2014. Mas, ainda muito abaixo dos 260 bilhões de dólares inicialmente pretendidos pela companhia.


6 Vale anuncia investimento de R$ 3,5 bilhões em São Paulo. O presidente da Vale, Murilo Ferreira, anuncia hoje, em São Paulo, um investimento de 3,5 bilhões de reais no Estado, em um período de três anos. Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado, Paulo Alexandre Barbosa, o foco do investimento será logística e infraestrutura. Um dos alvos desses investimentos será o Porto de Santos.

7 Governo prepara edital para construir quatro novos portos. O ministro-chefe da Secretaria de Portos (SEP), Leônidas Cristino, disse que o governo está “avançando” na abertura de licitações para a construção de quatro novos portos e terminais: porto de Manaus, Porto Sul, na Bahia, porto de Águas Profundas, no Espírito Santo, e terminal de múltiplo uso de Vila do Conde, no Pará, informa reportagem do jornal Valor Econômico. Todos eles estão em fase de estudos para lançamento dos editais, o que deve ocorrer até o fim do ano.

8 Estudo mostra que Investidores ricos são mais agressivos. No abismo que divide multimilionários e pequenos poupadores, há mais do que dígitos de sobra no saldo da conta bancária. Em matéria de fundos de investimento, a inclinação por um determinado tipo de aplicação é indiscutível. Enquanto os investidores com patrimônio superior a 1 milhão de reais são responsáveis por 44,9% dinheiro investido em fundos imobiliários, a participação do varejo em produtos do tipo é insignificante e não chega a representar 1%. Os dados são da Anbima.

9 Fernando Lauria é o novo presidente da Agrenco. A Agrenco confirmou, nesta quinta-feira (21/7), Fernando Lauria como seu novo presidente. Em nota à imprensa, a Agrenco afirma que a chegada de Lauria dá início à segunda fase da reestruturação da companhia. A empresa entrou em recuperação judicial em 2008. As dificuldades começaram em junho daquele ano, quando seu fundador e então presidente, Antonio Iafelice, o diretor de relações institucionais, Francisco Ramos, e o diretor de operações, Antonio Pires, foram presos pela Polícia Federal. Os três passaram a responder à acusação de crimes financeiros, como lavagem de dinheiro e estelionato.

10 Previ desiste de fusão de elétricas e pode vender Neoenergia. A Previ desistiu de promover uma fusão entre seus dois ativos de energia elétrica, a CPFL e a Neoenergia. Segundo fontes, o fundo de pensão quer agora vender sua fatia na Neoenergia para a sócia Iberdrola e concentrar seus investimentos no setor na CPFL. O desejo da Previ vai em linha com os planos da empresa espanhola para o Brasil, informa reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.