10 notícias para lidar com os mercados nesta sexta-feira

Para OCDE, há risco de crescimento lento e desemprego alto

São Paulo – Veja o que você precisa saber nesta sexta-feira.

1. Para OCDE, há risco de crescimento lento e desemprego alto

A Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) declarou que amplas reformas são urgentemente necessárias para impulsionar a produtividade e reduzir as barreiras ao comércio a fim de que o mundo evite uma nova era de crescimento lento e desemprego alto. Em seu estudo de 2014 sobre “Indo para o Crescimento”, a OCDE afirmou que perdeu força o impulso para as reformas após a crise financeira global.

2. Lucro da Renner cresce 46,4%, e fica acima das projeções

A varejista de moda Lojas Renner teve lucro líquido no quarto trimestre acima do esperado pela média do mercado. O lucro da varejista foi de 216,2 milhões de reais entre outubro e dezembro, o que indica um crescimento de 46,4% sobre o resultado daquele período em 2012.

3. TAM investe R$ 50 mi para ampliar malha aérea durante a Copa

A TAM Linhas Aéreas investirá 50 milhões de reais para alterar sua malha aérea doméstica durante a Copa do Mundo, em um ajuste de 31% que inclui a criação de mais de 750 voos no Brasil, segundo comunicado da companhia. O ajuste dos voos da TAM refere-se ao período de 10 de junho a 15 de julho.

4. Minoritário da OGX denuncia Bovespa à CVM

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) anexou a um dos processos sobre o caso da OGX, petroleira de Eike Batista, uma denúncia feita por um acionista minoritário de que a BM&FBovespa falhou no controle das operações de venda a descoberto. Segundo a denúncia, a multa baixa para quem fazia uma operação do tipo sem alugar a ação vendida serviu como incentivo para a especulação na queda das cotações dos papéis da companhia.

Para acompanhar a Bovespa no seu celular, basta digitar: exame2.com.br/mobile/exame-na-bolsa


5. Energia de curto prazo pesa e lucro da Tractebel cai 33,6%

A Tractebel Energia, maior geradora privada de energia elétrica do país, teve lucro líquido de 286,3 milhões de reais no quarto trimestre – o que indica uma queda anual de 33,6%, afetada por maiores custos da energia de curto prazo.

6. Cemig confirma interesse em privatização da Isagen

A Cemig confirmou na noite desta quinta-feira que estuda participar do processo de privatização da colombiana Isagen. “Esta oportunidade se insere na estratégia de desenvolvimento delineada pelo Plano Diretor da Cemig, que busca um crescimento equilibrado, nos segmentos de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica”, complementou a Cemig, em comunicado ao mercado.

7. Lucro da Positivo sobe impulsionado por tablets

A Positivo Informática registrou lucro líquido de 30,9 milhões de reais no quarto trimestre de 2013, avanço de mais de 230% em relação ao mesmo período do ano anterior, impulsionado pela alta das vendas de tablets. As vendas do quarto trimestre totalizaram 802,8 mil computadores e tablets, um crescimento de 19,1% em relação ao quarto trimestre de 2012.

8. Royal Bank of Scotland pode reduzir quadro de funcionários em até 25%

Segundo fontes, o Royal Bank of Scotland fará novos cortes em suas atividades de banco de investimento e em operações internacionais que, juntamente com outros planos de venda, podem reduzir o número de funcionários em até um quarto. O novo presidente-executivo Ross McEwan vai apresentar o resultado de sua revisão estratégica do negócio com os resultados anuais do banco, na próxima quinta-feira.


9. Ações asiáticas sobem por dados dos EUA; ainda há temores

Uma pesquisa que mostrou aceleração na atividade industrial dos Estados Unidos deu impulso às ações asiáticas hoje e fortaleceu o dólar, embora preocupações sobre o crescimento econômico da China pode fazer com que investidores não corram para comprar alguns ativos de mercados emergentes.

10. O que você precisa saber da agenda desta sexta-feira

Nesta manhã, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), indicador de inflação brasileira, é divulgado pelo IBGE. No Reino Unido, são divulgadas as vendas no varejo – que indicam gastos dos consumidores e o ritmo da economia.