UseHuck é acusada de incitar pedofilia por estampa infantil

Grife de Luciano Huck pediu "desculpa pela falta de bom-senso e pelo descuido"

São Paulo – A grife UseHuck, que pertence ao empresário e apresentador Luciano Huck, se envolveu numa tremenda polêmica nas redes sociais.

Uma estampa usada em camisetas infantis da marca foi acusada por internautas de incitar pedofilia, por conter o dizer “Vem ni mim que tô facin”.