Sustentabilidade será tema central do Réveillon de Copacabana

Bradesco, Coca-Cola, Oi e Petrobras patroninam festa, que deve receber dois milhões de pessoas

São Paulo – Sustentabilidade será o tema da festa de Réveillon deste ano em Copacabana, no Rio de Janeiro. Com público estimado em dois milhões de pessoas, a festa contará com cenários aliados a novas tecnologias: quatro palcos e 11 balsas com fogos, com previsão de um espetáculo de luzes de 16 minutos. A produção é da SRCOM, com patrocínio de Bradesco, Coca-Cola, Oi e Petrobras.

Para o secretário municipal de Turismo e presidente da Riotur, Antônio Pedro Figueira de Mello, a mensagem sustentável do Réveillon será o pontapé inicial para o Rio+20, conferência mundial das Nações Unidas que acontecerá no Rio de Janeiro em 2012. “A sustentabilidade é um dos assuntos mais relevantes em todo o mundo. Queremos que as pessoas percebam isso e façam a sua parte”, declarou Mello.

O evento terá diversos pilares sustentáveis em sua produção: todas as lonas usadas serão reaproveitadas e transformadas em estojos para as escolas municipais de Copacabana. Haverá ainda a neutralização dos fogos durante a queima, gerando assim menos fumaça. Segundo Flavio Machado, sócio-diretor da SRCOM, o público será convidado por meio de um vídeo voltado à sustentabilidade a participar, antes da contagem regressiva, de um momento de reflexão com duração de um minuto. “Cada um de nós poderá fazer a sua parte contribuindo com ações mais sustentáveis inclusive no dia do evento. A todo o momento, o publico será lembrado a respeito de não jogar seu lixo na areia ou nas ruas, para que assim no dia primeiro as praias estejam menos poluídas”, contou Machado.

O evento vai contar com a parceria da Brasil/S, consultoria de sustentabilidade que, por meio de uma cooperativa de catadores, vai promover a gestão dos resíduos originados pela produção do evento, além do cálculo da neutralização de carbono de todas as atividades que gerarem emissões, como deslocamento de integrantes da produção e de artistas e queima de fogos. O resultado desses cálculos serão fornecidos em janeiro de 2012.

Os fogos assinados pela Pirotecnia Igual, de Barcelona, na Espanha, terão seis fases temáticas. Na primeira fase, a praia ficará toda verde, dando as boas-vindas ao Rio+20; na segunda, toda vermelha em referência à energia do sol; na fase três aparecem os elementos ligados à água; na fase quatro elementos ligados à fauna e à flora; a fase cinco faz menção ao vento com som de assovios; e a última fase traz a cor dourada relativa ao otimismo.


Flávia Serra, gerente de projetos da SRCOM, explica que todas as marcas patrocinadoras terão ativações em comum e também farão suas próprias ações. “As ativações comuns a todas as marcas patrocinadoras estarão nas torres de som, que geram uma visibilidade muito grande, e em mais de 200 galhardetes espalhados por todo o bairro de Copacabana, com uma pegada de sustentabilidade. Além disso, as marcas estarão presentes nos quatro palcos, assim como terão espaço nas redes sociais, com os links para o público acessar”, contou Flávia.

Segundo a executiva, houve um grande engajamento em torno do tema sustentabilidade por parte dos patrocinadores e, com isso, alguns deles decidiram potencializar esta oportunidade. A Coca-Cola fará, pela segunda vez consecutiva, uma ação de inclusão social em seis comunidades pacificadas próximas à Copacabana. A empresa promoverá um cadastramento para recrutar ambulantes e dará um isopor com um colete e um crachá, que será a autorização oficial para trabalhar legalmente no Réveillon de Copacabana. Os kits serão distribuídos dois dias antes do evento na Vila Olímpica da Gamboa, na base do Morro da Providência, zona portuária do Rio de Janeiro, onde a Coca-Cola fará um pequeno reparo nas quadras e nos banheiros, deixando isso como legado. Além disso, a empresa terá um palco montado no Leme que também terá uma ativação específica.

Petrobras e Oi também farão sua ativações próprias. A Petrobras terá telões em quatro postos de Copacabana com conteúdo temático que faz referência às ações de sustentabilidade. A empresa montará um aparato para colher mensagens relativas a 2012, durante o evento, que serão exibidas nestes telões. Já a Oi terá uma ação com wi-fi e um palco Oi Novo Som com VJ.

“Adequamos o evento ao interesse de cada patrocinador, procuramos saber o que eles realmente querem comunicar e como eles querem atingir o publico. É uma oportunidade muito bacana falar numa noite só com dois milhões de pessoas”, disse Flávia, que destaca a parceria com o Solar Meninos de Luz, ação voltada para inclusão social. “Estamos utilizando a parceria com o Solar Meninos de Luz, associação do morro do Pavão Pavãozinho, conjunto de favelas localizado em Copacabana, que já existe há 20 anos. Nós receberemos 15 jovens na faixa dos 16 anos para trabalhar conosco durante a festa, aprendendo sobre toda a produção de eventos. Já estamos pensando em oportunidades de trabalho para eles nos próximos eventos sediados no Rio de janeiro”, contou.

As plataformas digitais do Réveillon de Copacabana são assinadas pela Diz’Ain Soluções Interativas. Já o conteúdo é produzido pela SRCOM e pela Contente Entretenimento. Todo o conceito das plataformas foi criado pela SRCOM. O site do Réveillon em Copacabana já esta disponibilizado para qualquer dúvida sobre o evento: www.copacabanareveillon.com.