Potencial de consumo da classe DE cresce 16% em 2010

Pesquisa da APAS verificou que o aumento da renda do segmento impulsionou venda de perecíveis em supermercados

São Paulo – A classe DE apresentou um aumento no poder de compra de 16% em 2010, segundo a Pesquisa Tendências do Consumidor, da Associação Paulista de Supermercados (APAS).

O levantamento realizado em parceria com a Nielsen e a Kantar Worldpanel também verificou que estes consumidores contribuíram para a expansão do segmento de perecíveis.

Em 2010, o crescimento da categoria foi de 9,3%, comparado a 4,6% em 2009, e representou 30,9% das vendas nos supermercados.

Outra tendência apontada pelo estudo é que o gasto médio dos consumidores da classe DE superou a renda média.

No ano passado, 53% das famílias gastavam acima do orçamento. Este resultado é reflexo da estabilidade econômica do país e da maior oferta de crédito para o segmento, com formas mais diversificadas de pagamento e maior prazo.

A pesquisa também indicou que os consumidores desta camada social são multicanais e 80% destas famílias compram em mais de três pontos de venda para se abastecerem.

A frequência das idas ao supermercado também aumentou de 106 visitas, entre 2008 e 2009, para 123 vezes apenas em 2010.