Porta dos Fundos satiriza mundo dos influenciadores digitais

Simulando um talk show, a entrevistadora tentar tirar alguma coisa de uma influenciadora digital, como uma habilidade especifica

É curioso como o Porta dos Fundos, o coletivo de humor mais famoso do Brasil, tem se especializado em satirizar assuntos que envolvem o mercado de comunicação, de alguma maneira.

Recentemente o canal no Youtube satirizou reuniões de agência de propaganda, ações de product placement e até a sua própria venda para a gigante Viacom.

Talvez a formação publicitária de um de seus fundadores, Antônio Tabet, permita uma visão bastante particular das questões relativas a essa temática. Agora, o alvo da vez é o universo dos “influencers”.

Simulando um talk show, a entrevistadora tentar tirar alguma coisa de uma influenciadora digital, como uma habilidade especifica, por exemplo, além de “influenciar”.

A brincadeira abre uma reflexão interessante: as pessoas seguem os youtubers por que eles têm qualidades especiais ou por que em alguns casos o seu dia a dia (ou pelo menos o seu discurso) guarda alguma relação de proximidade com o público? Talvez as duas coisas?

Outra questão interessante é como o coletivo de humor volta a brincar com o “merchan” ou product placement dentro de seus vídeos da web. Confira:

Este conteúdo foi publicado originalmente no site da AdNews.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. O que mais tem no mundo virtual.