Perfil de Aedes Aegypti no Facebook interage com usuários

Página foi criada para informar e conscientizar de forma criativa e bem humorada

São Paulo – Nem sempre estamos ligados aos noticiários regionais, porém, estamos conectados quase 24 horas por dia nas redes sociais. Mesmo óbvia, esta afirmação ajudou um grupo de criativos a encontrar uma forma moderna e bem humorada de introduzir as informações sobre a ameaça da dengue em nosso meio.

Criando uma página própria para o Aedes Aegypti no Facebook, a equipe do Praia, de Sorocaba, estimula o contato dos usuários com assuntos sobre o combate da doença, além de prestações de serviço como a localização de entulhos de lixo e dicas de prevenção.

Ainda mais interessante, o perfil, que posteriormente migrou para uma página, interage com as pessoas, então não estranhe se o Aedes “cutucar” você ou simplesmente enviar uma mensagem lembrando de sua ameaçadora presença.

Segundo Fernando Torres, um dos idealizadores do projeto, a iniciativa surgiu por perceberem que poderiam usar suas ferramentas para democratizar as informações sobre a dengue. “Percebemos que a epidemia vinha se alastrando muito rapidamente. Estava próxima da gente, amigos já haviam contraído a doença e por isso nos sentimos na obrigação de fazer alguma coisa”, explica.

Geralmente nos primeiros meses do ano a dengue costuma se alastrar pelo Brasil.

Só em 2015, São Paulo agoniza com a média de uma morte por dia. Em Sorocaba, por exemplo, a Prefeitura já contabiliza mais de 32 mil infectados desde janeiro. O número, grande para uma população com menos de 600 mil habitantes, assusta moradores e autoridades da cidade.

Assista ao videocassete: