Ovo de chocolate Lollo é a aposta da Nestlé para a Páscoa

Marca dos anos 80 ressuscitada em 2012 ganhou edição especial para a Páscoa

São Paulo – O Carnaval ainda nem chegou, mas as marcas começam a mostrar suas armas para a Páscoa 2013. O carro-chefe da Nestlé entre os lançamentos deste ano é o ovo de chocolate Lollo, sucesso dos anos 80 ressuscitado em 2012 depois de vinte anos fora da prateleira.

O ovo de 260 gramas chega às lojas na quarta-feira de cinzas, dia 13 de fevereiro. A identidade visual é a mesma do chocolate original, ou seja, manteve os traços e cores da marca oitentista.

Segundo Ricardo Bassoni, gerente de marketing de chocolates da Nestlé, assim como o relançamento em barra, a versão de Páscoa também surgiu de um desejo dos consumidores. “Nas redes sociais e na internet no geral as pessoas falam da marca com muito carinho e nostalgia, e decidimos apostar numa reformulação”, diz. 

Depois do relançamento da barra, o balanço da iniciativa é positivo, diz o executivo: o faturamento do projeto foi quatro vezes maior do que o esperado. “A proposta inicial era pequena, só para agitar o mercado, mas acabou superando qualquer estimativa” 

Vendas

Em 2013 o setor de chocolates brasileiro deve repetir o desempenho de 2012, que por sua vez foi igual ao de 2011: 18 mil toneladas produzidas e 80 milhões de ovos vendidos. À Nestlé também coube uma projeção de crescimento cautelosa, que por sua vez repete o ano passado, com alta de 5% em unidades vendidas.

A projeções mornas são explicadas por uma Páscoa antecipada e um crescimento de dois dígitos até 2010. “A data não nos foi muito favorável em 2013, com uma Páscoa muito cedo, que concorre com as despesas da virada do ano”, afirma Bassoni. O repasse do aumento de custos ao consumidor gerou ainda um reajuste de 5% nos preços médio dos ovos da marca.