O que acontece quando jovens leem tuítes maldosos sobre si

Campanha busca alertar sobre os perigos do cyberbullying

São Paulo – O programa de TV americano Jimmy Kimmel Live tem um quadro de comédia chamado “Mean Tweets” (ou “Tuítes Maldosos”, em português), onde artistas e famosos leem tuítes negativos sobre si próprios diante de uma câmera.

Em geral, a maioria dos convidados faz pouco caso dos comentários maldosos e alguns até respondem com humor, à exemplo do presidente dos EUA, Barack Obama, “vítima” mais recente do quadro.

Mas se os famosos em geral costumam rir das críticas, crianças e jovens podem sofrer profundamente.

Para alertar sobre os perigos do cyberbullying, a rede Canadian Safe School Network, que busca coibir tais práticas cruéis no ambiente escolar, resolveu mostrar o que acontece quando jovens leem tuítes maldosos sobre si mesmos.

Num dos quadros, uma menina, claramente abalada, lê a mensagem curta e grossa: “Ninguém gosta de você. Faça um favor. Se mate”

O vídeo, produzido pela agência canadense John St, pode ser conferido abaixo: