Aguarde...

Muito parecidas | 27/01/2012 18:20

Propaganda de Alckmin é comparada à "febre Luíza"

Semelhança acontece em programa de horário eleitoral na campanha pela prefeitura de São Paulo em 2008

Andreia Arcela/Divulgação

Gerardo Rabello e Luiza Rabello

Luíza: comercial em que garota é citada é comparado a propaganda de Alckmin

São Paulo - Uma propaganda do então candidato à prefeitura de São Paulo Geraldo Alckmin em 2008 está sendo comparada por internautas à recente febre "Luíza, que está no Canadá". Ambas tem motes bastante parecidos.

Último programa do horário eleitoral na TV em 2008, o filme mostra Alckmin reunido com a família em uma sala, enquanto apresenta cada integrante:

"Eu estou aqui nesse último programa (...) ao lado da minha família: da Lu, minha companheira de 30 anos, e dos meus filhos, o Tomás, a Sophia e o meu genro, Mário. Só está faltando o Geraldo, que está trabalhando lá no México", diz o candidato.

No comercial em que a paraibana Luíza ficou famosa, seu pai, o colunista social Gerardo Rabello, reúne a família também em uma sala, para promover um empreendimento imobiliário de João Pessoa, e explica que falta uma pessoa: "Menos Luíza, que está no Canadá".

A frase alavancou o filme nas redes sociais e não só trouxe Luíza de volta ao Brasil como rendeu diversos contratos publicitários a ela e a seu pai. Ontem, foi a vez do Magazine Luiza anunciar a mais nova celebridade virtual como garota-propaganda de seu projeto "Magazine Você".

Assista aos dois filmes e compare


Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados