São Paulo - O licenciamento é uma das principais formas utilizadas pelas empresas para ganhar a atenção dos públicos jovem e infantil e incrementar as vendas durante a Páscoa. É o caso de Garoto, Lacta e Arcor, que trazem para o mercado ovos de Páscoa estampando personagens como Ben 10, Turma da Mônica.

A Nestlé também investe na estratégia, lançando produtos com imagens do cantor Justin Bieber e dos protagonistas das sagas Crepúsculo e Piratas do Caribe. Para outras companhias, como a Starbucks, a data é uma oportunidade de entrar em uma nova categoria, aproveitando a sazonalidade para faturar mais.

Ao todo, devem chegar ao mercado mais de 90 lançamentos, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab). Estes novos produtos colaboram para fomentar o mercado brasileiro de licenciamento, que em 2011 faturou R$ 5,7 bilhões e tem previsão de crescimento de 5% para 2012, segundo informações da Associação Brasileira de Licenciamento (Abral.)

Apesar dos números, as marcas próprias ainda são as que têm mais peso nas vendas das empresas durante a Páscoa. “Dentro do universo de vendas da Lacta, um a cada 10 ovos de Páscoa é Sonho de Valsa. O nosso portfólio é composto em 70% de marcas próprias e 30% é dedicado a produtos licenciados, como Ben 10, A Era do Gelo e Mutante Rex”, diz Mariana Perrota, gerente de marketing de Páscoa da Lacta.

Data é oportunidade para extensão de marca

Em 2012, a Lacta investe 70% a mais de sua verba de marketing para celebrar os 100 anos da marca. Entre as novidades, está o Ovo de Páscoa Celebração, que reúne em um único produto cinco sabores de chocolate das marcas Bis, Sonho de Valsa, Laka, Diamante Negro e Ao Leite. A empresa fabricou 27 milhões de ovos de Páscoa em 2012, dois milhões a mais do que no ano passado, compondo um portfólio de 57 opções para os consumidores.

A Páscoa também é um período em que as companhias apostam em outras categorias para crescer. Já conhecido na data, o Ovo de Páscoa Trakinas é um exemplo de extensão de marca que deu certo. Hoje, o produto está entre os mais vendidos da Lacta, perdendo apenas para o Sonho de Valsa, de acordo com informações da Kraft Foods.

A empresa lança ainda os Ovinhos de Páscoa Lacta Halls, em embalagens com três sabores. Apesar de não abrir números, a Kraft Foods comemora o resultado alcançado no primeiro mês do lançamento e os comentários nas redes sociais.

Estreiando nesta Páscoa, a Starbucks investe na categoria de ovos de chocolate, vendendo pela primeira vez os produtos no Brasil. Esta é a segunda vez que a companhia aposta na sazonalidade, depois de ter comercializado panetones durante o Natal de 2011. A venda dos ovos de Páscoa é uma iniciativa exclusiva para o mercado nacional é dá continuidade à estratégia da marca para se aproximar dos brasileiros.

“Em um primeiro momento, não estamos preocupados necessariamente com o faturamento, mas sim em oferecer produtos que sejam populares no Brasil, aumentando a nossa relevância entre os consumidores locais, dando continuidade ao que iniciamos no Natal de 2011”, explica Deborah Caig, gerente de marketing da Starbucks Brasil.

A Nestlé aproveita o período para lançar nove produtos, quatro deles sendo licenciados. Para as crianças, a marca apresenta os ovos de chocolate Phineas e Ferb e Ariel. Com foco no público jovem, a aposta da empresa são os ovos de Páscoa do cantor Justin Bieber e Piratas do Caribe. Mas a grande novidade da empresa para 2012 é o lançamento do ovo de chocolate Kit Kat, produto criado exclusivamente para o mercado brasileiro.

Arcor fortalece Tortuguita

A Arcor também investe no licenciamento para alavancar as vendas. Há mais de 10 anos a companhia aposta na estratégia com o propósito de diversificar o seu mix de produtos. Entre as licenças presentes há mais tempo no portfólio da empresa estão as linhas Fanáticos por Futebol, composta por produtos de 10 grandes clubes brasileiros, e os Ovos de Páscoa da Turma da Mônica. Mas o carro-chefe da empresa é a marca Tortuguita.

“A Tortuguita é a representante oficial da Arcor, presente nos materiais de comunicação dos pontos de venda, recebe a maior parte dos nossos investimentos de marketing e sozinha detém 40% do faturamento da companhia, enquanto 30% ficam diluídos entre as licenças da empresa”, afirma Ciro Mariani, gerente de marketing de marcas de Chocolate da Arcor.

Nesta Páscoa, um dos lançamentos é a linha Tortuguita Monstros Divertidos, que traz a personagem caracterizada como vampiro, lobisomem, múmia e Frankstein. Outras novidades da Arcor para a marca são o Ovo Tortuguita Formato Casco, que permite transformar as costas da Tortuguita em um cantil, e o Ovo Tortuguita Megafone, que vem acompanhado de um amplificador de voz.

As apostas de 2012 da companhia são as licenças da banda Restart, além dos personagens de Madagascar, Rapunzel e Meninas Superpoderosas. A expectativa é crescer em 20%, em relação ao ano passado.

Licenças complementam linha de produtos da Garoto

No portfólio da Garoto, apenas 20% dos produtos possuem licenças, sendo as de maior destaque voltadas para filmes. Em 2012, a empresa lançou os Ovos de Páscoa Amanhecer, da saga Crepúsculo, Smurfs e Os Vingadores, da Marvel. A personagem que mais traz retorno à empresa, no entanto, é a Pucca, que está na terceira Páscoa consecutiva com a Garoto e, em 2011, teve um aumento no volume de vendas de quase 4%.

“Somos a empresa com o menor número de licenças no mercado. Nosso foco são as marcas pilares da Garoto, como Talento, Serenata de Amor e Batom, muito fortes entre os públicos jovem e adulto. Mas acreditamos que é importante manter linhas de produtos licenciados no período, pois os fãs destes personagens já esperam encontrá-los em outras categorias e estampando embalagens de chocolates nas parreiras durante a Páscoa”, ressalta André Barros, gerente executivo de marketing da Garoto.

Não são apenas os fabricantes que colhem os resultados neste período. As empresas que licenciam suas marcas, como a Warner Bros., também celebram o crescimento deste mercado.

“O aumento da demanda por licenças cresceu de 10% a 12% em 2011, sem contar que nos últimos cinco anos a oferta de opções do mercado quase triplicou. Hoje a Páscoa já é a terceira maior data do nosso calendário, perdendo apenas para a volta às aulas e o Natal”, afirma Marcos Bandeira de Mello, gerente geral da Warner Bros. Consumer Products Brasil.

Tópicos: Alimentação, Garoto, Empresas suíças, Empresas, Lacta, Kraft, Marcas, Marketing, Nestlé, Páscoa