Aguarde...

Moda | 20/08/2012 11:18

Metrossexuais do Japão, "kireos" buscam a perfeição estética

Diferente dos ocidentais, os metrossexuais japoneses não seguem um padrão e buscam a beleza que os diferencie dos demais

Matthew Lloyd/Getty Images

Hiroki Mizobuchi, estudante japonês, na feira Hyper Japan, em Londres

Hiroki Mizobuchi, estudante japonês, na feira Hyper Japan, em Londres: em 2011, os homens japoneses de até 34 anos gastaram uma média de R$ 279 em produtos de beleza, 33% a mais que em 2010

Tóquio - Os jovens japoneses com idade entre 20 e 30 anos estão cada vez mais preocupados com a imagem, e na sociedade japonesa já são conhecidos como os "kireos", pessoas que buscam a perfeição estética através de cremes e tratamentos.

O termo "kireo", que denomina a nova tendência estética, provém da palavra "kirei", que significa "belo" ou "bonito", e define os novos jovens de sobrancelhas feitas, pele perfeita, penteados milimétricos e convenientemente perfumados.

Os "metrossexuais" japoneses são diferentes dos do Ocidente: na Europa e na América, a beleza se relaciona com exemplos similares para todos, nos quais os atores e cantores, com visuais mais tradicionais e parecidos, guiam as tendências da beleza masculina.

No país asiático, ao contrário, os homens buscam a beleza que os diferencie dos demais, que seja distinta da estética do homem tradicional de negócios japonês, e para isso cuidam com carinho seus penteados, do desenho da sobrancelha e da perfeição de sua pele, se aproximando à estética dos ícones musicais do oriente.

O "kireo", afastado do visual uniforme e apagado do executivo, considera que o cuidado da imagem faz com que as pessoas fiquem mais atrativas e interessantes, embora sua busca seja também uma tentativa de se reafirmar em uma sociedade baseada na solidão e no individualismo.

Segundo dados oficiais, em 2011 os homens japoneses de até 34 anos gastaram uma média de 11.000 ienes (R$ 279) em produtos de beleza, 33% a mais que em 2010, o que ressalta o aumento do interesse da classe pela estética.

O aumento desta tendência no Japão foi acompanhado pela aparição de diversos tipos de produtos e serviços para homens, desde salões de beleza especializados na estética masculina, até cremes para a face e a pele.

A moda no país asiático é tão evidente que, inclusive, nas lojas 24 horas, chamadas "combinis", dispõem de pequenos pacotes com cremes, loções e toalhas refrescantes para homens, que cada vez consomem mais este tipo de produto.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados