São Paulo - 2015 entra para a História como o ano da maior tragédia ambiental do país: o tsunami de lama provocado pela ruptura da barragem de Fundão, em Mariana, no início de novembro.

O desastre matou ao menos 16 pessoas, devastou os distritos mineiros de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo, deixando centenas desabrigados.

O Rio Doce, que corta Minas Gerais e o Espírito Santo, ficou contaminado pelos rejeitos da mineradora Samarco, propriedade da Vale e da BHP Billiton.

Morte de animais, risco de extinção, municípios sem água, pânico da população, os danos foram enormes. E ainda continuam.

Por isso, uma campanha que está no ar nas redes sociais conclama todos os brasileiros a não esquecer Mariana.

O vídeo, estrelado pela atriz Mariana Ximenes, afirma que buscas pela palavra Mariana no Google Images mostram mais fotos da estrela global que da cidade palco do desastre ambiental.

"Há uma Mariana que já não se ouve tanto falar, mas que não pode ser esquecida", diz o manifesto da campanha #nãoesqueçamariana.

A gravação foi feita pela equipe do Rio Doce Help, projeto que visa a ajudar a população impactada pelo rompimento da barragem e também a disseminar informações sobre a situação das vítimas e do cumprimento das punições dos responsáveis.

O Rio Doce Help disponibiliza um plugin para Google Chrome para que as pessoas recebam diariamente notícias sobre a repercussão da tragédia.

Os organizadores da campanha são os cariocas Lucio Amorim, Luiza Villapouca e Luiz Felipe Siqueira e o mineiro Rafael Andrade.

A atriz Mariana Ximenes abriu mão do cachê da campanha.

Existe outra Mariana que merece ser vista e lembrada. #nãoesqueçamarianaBaixe o aplicativo e mantenha-se informado:...

Posted by Não Esqueça Mariana on Segunda, 21 de dezembro de 2015

Tópicos: Atores, Espírito Santo, Mariana (MG), Minas Gerais, Poluição, Publicidade, Empresas, Samarco