São Paulo - A edição especial da Coca-Cola para a Copa das Confederações, que incluiu a cor azul ao lado das tradicionais vermelha e branca, acabou gerando uma repercussão inesperada para a marca na internet. Uma imagem que identifica o logotipo da concorrente Pepsi escondido na nova embalagem circulou nas redes sociais entre consumidores nesta semana.

A fotografia é do estudante de publicidade Marcelo Silveira, de 20 anos. Usando uma folha de papel com um círculo recortado, ele localizou uma imagem muito semelhante ao logotipo da principal concorrente.

O estudante postou a imagem em seu perfil do Facebook com a legenda "Só tem Coca-Cola, pode ser?", numa referência à campanha Pode Ser, da Pepsi.  Com quase três mil compartilhamentos, a fotografia foi registrada na agência de publicidade Duplo, em Porto Alegre, onde ele estagia.

Quando o assunto são as embalagens e identidade visual da marca, em geral Coca-Cola costuma ser conservadora. O vermelho só saiu de suas latas em edições especiais isoladas, ou nos sabores com menos açúcar, como a Coca Zero ou a Light Plus. A linha para a Copa das Confederações tem ainda latas com detalhes em verde e amarelo.

Para o "denunciador" da confusão entre concorrentes, a falha poderia ter sido evitada. "Acho que foi um deslize muito grande e uma falta de cuidado incluir na lata a cor do maior concorrente, que já tem outras duas em comum com você. O azul neste caso foi desnecessário, bastaria o verde e o amarelo para remeter às cores do Brasil", afirmou o estudante à Exame.com.

Atualizada às 19h00.

Tópicos: Bebidas, Coca-Cola, Empresas, Bebidas e fumo, Refrigerantes, Empresas americanas, Embalagem, Pepsi, Pepsico