O Facebook vai exibir anúncios em vídeo a partir de 2014, de acordo com o site All Things D. O objetivo da rede social era disponibilizar o recurso publicitário no primeiro semestre deste ano, mas a empresa não conseguiu cumprir o planejado.

Isso aconteceu porque o Facebook ainda estuda formas de não aborrecer os internautas com os anúncios invasivos, já que a demanda desse formato pelo mercado publicitário é bastante alta.

O desafio para o site é grande, já que muitos internautas reclamam da reprodução automática de anúncios na web, como acontece no YouTube, por exemplo.

No começo deste ano, a empresa de análise de mercado Morgan Stanley previu que o Facebook poderia ganhar 1 bilhão de dólares com essas propagandas apenas em 2013.

A companhia mostra opções diferentes do formato aos anunciantes desde dezembro de 2012, mas ainda nada foi decidido.

O Facebook não comentou o caso.

Nesta semana, a empresa mostrou como serão os anúncios no Instagram, que, em breve, começarão a aparecer na linha do tempo dos usuários do aplicativo.

Tópicos: Anúncios, Facebook, Redes sociais, Empresas, Internet, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Empresas de internet, Publicidade, Vídeos