*matéria atualizada em 22/01, às 10h50

São Paulo - O Big Brother Brasil 2016, da Rede Globo, mal começou e já se envolveu em uma grande polêmica.

O problema reside em um pequeno objeto decorativo, escondido na pia da cozinha: uma esponja para a louça.

A esponja, contudo, não é convencional: tem formato de um homem negro, com cabelo afro. O cabelo seria a parte de esponja.

O utensílio causou grande revolta nas redes sociais e também foi alvo de críticas de um dos participantes do programa.

O jovem Ronan, um dos "brothers", foi claro e direto: "Por que tem que ser um negro? Isso aqui não vai ser usado pra lavar nada", disse aos colegas.

O produto é acusado de promover o racismo e perpetuar estereótipos.

Na Amazon, o tal boneco se chama Disco Washing Up Sponge e custa 8,87 dólares.

Ele faz parte de uma coleção de vários bonecos. Cada um representa um estilo de música.

Esse representa a fase disco dos anos 70. Há outros, como um punk de cabelo rosa.

Outro boneco da coleção é a "Diva", uma mulher negra também de cabelo black-power.

Muita gente reparou no absurdo da esponja:

Em 2012, quando o boneco foi lançado no Reino Unido, as críticas foram as mesmas e causou intenso debate no país.

O site brasileiro Diseño, que vende o boneco por aqui, estava atento às críticas e parou de vendê-lo, mas manteve a página original e escreveu:

"Recentemente este produto teve grande repercussão nas redes sociais por estar presente na cozinha da casa do Big Brother Brasil. Algumas pessoas sentiram-se ofendidas por ter a imagem de um boneco negro ligada a uma esponja de cozinha. Não concordamos com essa interpretação, nunca tivemos a intenção de fazer nenhuma alusão pejorativa à função ou ao design dessa peça. A esponja faz parte de uma linha de acessórios de cozinha com outros bonecos de vários modelos. O objetivo da Diseño é vender produtos que tragam alegria para dentro da casa de nossos clientes. Desta forma, se este objeto ofendeu qualquer pessoa, ele não tem propósito em nossa loja. Portanto, não revenderemos mais a Esponja de Cozinha Disco. Pedimos desculpas se de alguma forma fomos displicentes e afirmamos nosso repúdio a qualquer tipo de preconceito".

Eis a descrição original do boneco:

"A esponja de Cozinha Disco vai manter seus copos e pratos limpos com muito humor e criatividade. Basta inverter a esponja e lavar! A esponja é capaz de ficar de pé na sua pia quando não estiver em uso, sendo um ótimo objeto de decoração para sua pia. As esponjas da Paladone foram inspiradas em personagens musicais da década de 1970 e trazem diversão para sua cozinha. Acessório divertido e funcional para cozinha. Ótima opção de presente para aquele amigo que gosta de dançar e cantar até na hora de lavar a louça".

Rede Globo

A Rede Globo respondeu, em nota, à polêmica do boneco:

"A esponja citada, representando um dançarino disco dos anos 1970, faz parte de uma coleção que retrata ícones de gerações e culturas diversas, como uma moça descolada dos anos 1960, um soldado da guarda inglesa e até a própria Rainha Elizabeth. Os outros modelos serão colocados na casa aos poucos, ao longo da temporada do programa".

Tópicos: Gafes de marketing, Negros, Racismo, Preconceitos, TV, Emissoras de TV, Globo, Serviços, Rede Globo, Redes de TV