São Paulo - A construção da identidade é crucial para uma marca. Logotipos e slogans são poderosos e criam uma conexão com o consumidor.

Além dos cases de sucesso de multinacionais como Coca-Cola e Nike, temos marcas brasileiras que, gostem ou não, caíram no entendimento do público.

Um ótimo exemplo é a Dolly e seu "Dollynho". A marca de refrigerantes é uma conhecida anunciante da emissora Rede TV.

Seus comerciais em animação 3D aliados a trilhas sonoras e frases como "Sou o Dollynho, seu amiguinho" conquistaram os consumidores.

Com as redes sociais, a marca é alvo dos virais, com os posts do mascote da marca e imagens super tratadas circulando em plataformas como Facebook.

O carinho pela comunicação irreverente da Dolly ficou ainda mais nítido com a última campanha divulgada pela marca. O filme veiculado na página da marca no Facebook traz um novo momento na identidade da empresa.

No lugar de personagens em 3D, o filme traz personagens reais. Além disso, a trilha sonora sempre animada foi repaginada de forma mais clássica e dentro dos padrões publicitários. O personagem Dollynho até aparece, mas perde espaço, sem ganhar ao menos uma fala.

A partir de hoje será veiculado o nosso novo comercial. E para você que é nosso seguidor, assista com exclusividade. #DollyOMelhor

Publicado por Dolly Refrigerantes em Quinta, 11 de fevereiro de 2016

É claro que os usuários não perdoaram. Em menos de um dia, o post já conta com quase 800 comentários e 600 compartilhamentos. Inclusive, uma hashtag já foi criada: #voltaDollynho.

Veja a repercussão:

Vocês aí discutindo temas irrelevantes como inflação, corrupção, machismo e nem perceberam que a Dolly lançou um novo...

Publicado por Fred Jose em Sexta, 12 de fevereiro de 2016

CADE O DOLLYNHO MANDANDO A GENTE TOMAR BASTANTE LIQUIDO? QUE CALUNIA #VoltaDollynho

Publicado por Mathheus Oliveira em Sexta, 12 de fevereiro de 2016

MEU DEUS!Mais um clássico que morre ou é vídeo do #TáNoAr?Que ingratidão com o Dollynho! :/

Publicado por Diego Reis em Sexta, 12 de fevereiro de 2016

Tópicos: Comerciais, Marcas, Publicidade, Refrigerantes