São Paulo - Um estudo feito pela Stochos Sports & Entertainment, empresa de consultoria, revelou que 40,5% das pessoas não associa nenhuma marca à Seleção Brasileira de Futebol, hoje com 13 patrocinadores.

Por apoiar a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Nike, Ambev, Itaú, Vivo, Volkswagen, Gillette, Seara, TAM, Extra, Nestlé, MasterCard, Tenys Pé e Parmigiani têm o direito à exposição em jogos da seleção, além de desenvolver ações de ativação e promoções estampando o logotipo da entidade.

Dos que souberam responder à pergunta sobre quem são os atuais patrocínios, 46,3%  citaram a Nike. A marca fornece material esportivo para a Seleção Brasileira desde 1995.

Outros três nomes com porcentagem significativa de recall foram Guaraná Antarctica, Itaú e Vivo. 

Guaraná Antarctica, patrocinadora desde janeiro de 2002, ficou com 30,8% das citações, seguida por Itaú (17%), que apoia a seleção desde outubro de 2008. Com 10,5% de lembrança, em terceiro lugar vem a Vivo, patrocinadora desde 2008.

Para o estudo, foram entrevistadas 8.329 pessoas em todos os estados do Brasil e no Distrito Federal. A pesquisa era de múltipla escolha, ou seja, a mesma pessoa poderia responder que associou duas ou mais marcas ao Brasil.

Veja os resultados

Marca Início do patrocínio Resultado
 Não sabem ou não lembram    40,5%
 Nike  Janeiro de 1995  46,3%
 Antarctica + Guaraná Antarctica  Janeiro de 2002  30,8%
 Itaú  Outubro de 2008  17%
 Vivo  Novembro de 2008  10,5%
 Volkswagen  Dezembro de 2010  1,4%
 Gillette  Maio de 2009  1,2%
 Seara  Janeiro de 2011  0,7%
 TAM  Maio de 2007  0,3%
 Extra  Agosto de 2009  0,2%
 Nestlé  Maio de 2010  0,2%
 Mastercard  Agosto de 2012  0,1%
 Tenys Pé  Julho de 2011  0,1%
 Parmigiani  Abril de 2011  0%

Tópicos: Futebol, Esportes, Marcas, Marketing, Patrocínio, Pesquisas, Seleção Brasileira de Futebol