O alcoolismo é um dos vícios mais subestimados pela sociedade. Há muito tempo a indústria cultural – e isso inclui a propaganda – estimula o consumo ao atrelar bebida alcoólica à diversão.

O que dificilmente se vê são os impactos que a dependência pode causar não só no indivíduo, mas em todos que estão em sua volta. Por trás da descontraída mesa de bar dos comerciais de cerveja e do elegante "gentleman" sempre vistos nas peças de whiskys, há homens e mulheres que perdem família, carreira e o pior, a personalidade.

Com objetivo de encontrar uma forma de mostrar a gravidade do alcoolismo, a ONG Bandeiras Brancas criou um filme que é um verdadeiro soco no estômago.

Baseado em uma história real, o vídeo "Carta para Jack" remonta a carta escrita por Laura, uma menina de 8 anos que, ao se deparar com mudanças de comportamento que o seu pai, resolveu escrever para o possível amigo responsável pelas alterações de atitudes.

Na carta, narrada em primeira pessoa, a garota conta os seus traumas e frustrações conforme as mudanças de caráter do pai. Segunda a menina, não apenas ela, mas a família inteira sofre com os atos. Dificuldades como ver a mãe passar fome, seu pai perder o emprego, e violência doméstica é contada pela menina.

O pedido final é que o suposto amigo de seu pai afaste-se dele, deixando assim a família em paz. Após a leitura da carta um final surpreendente trágico é revelado.

"A ideia é que o vídeo alcance o seu público alvo e alerte os seus familiares, que tanto quanto, precisam de ajuda", afirma Brunno Barbosa, idealizador da ONG.

Veja:

Tópicos: Alcoolismo, Doenças, Consumo, Vídeos