São Paulo - Uma campanha da rede de moda cearense Couro Fino transformou a grife em alvo de protestos na internet esta semana. Parte de um ensaio comemorativo do Dia das Crianças, o anúncio mostra uma modelo infantil usando acessórios adultos e maquiagem, em poses consideradas sensuais e que geraram mensagens de indignação.

As imagens foram postadas na fanpage da marca, que passou a receber postagens de repúdio dos internautas. As críticas cusaram as peças de erotizar a figura infantil, e ameaçaram boicotar a marca.

De acordo com o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar), até o momento as peças já receberam aproximadamente 100 notificações desde o final de semana. O processo foi aberto na segunda-feira, e deve ir a votação em novembro deste ano, mas antes disso a marca pode receber uma medida liminar recomendando a sustação (em caráter provisório) das peças. 

Na sua página no Facebook, a marca afirmou que o banner buscava homenagear “uma data tão importante no calendário nacional” e que por uma interpretação distorcida da real intenção da empresa causou "desconforto" nas redes sociais. A empresa pediu que os usuários não compartilhassem a imagem e se desculpou pelo que chamou de “lamentável acontecimento”.

Tópicos: Anúncios, Conar, Consumidores, Crianças, Internet, Redes sociais