Rio de Janeiro - O Bradesco é a marca mais valiosa do Brasil pelo sexto ano consecutivo, segundo o ranking de 2011 da Brand Finance/ Superbrands, totalizando R$ 31,2 bilhões em ativos.

O estudo verificou o desempenho de 130 marcas no país e indica ainda a presença de cinco instituições financeiras entre as 10 primeiras posições. Na segunda colocação aparece o Itaú com R$ 22,7 bilhões, seguido pelo Banco do Brasil (R$ 15,9 bilhões) e Petrobras (R$ 14,4 bilhões).

As operadoras de telefonia Vivo (R$ 8,6 bilhões) e Oi (R$ 8 bilhões) estão no quinto e no sexto lugares, na frente do Santander (R$ 7,6 bilhões) e do Walmart (R$ 7,5 bilhões).

Já a Casas Bahia e a Caixa Econômica ocupam a nona e a décima colocação, com valores de marca avaliados em R$ 7,4 bilhões e R$ 7,1 bilhões, respectivamente.

O ranking criado pela empresa inglesa destaca que a presença dos bancos nas primeiras posições está ligada ao crescimento da oferta de crédito, à inclusão de parte da população brasileira não bancarizada e ao aumento da renda e do emprego.

O levantamento aponta ainda que somatório dos ativos das marcas chegou a R$ 320,4 bilhões neste ano, uma alta de 16% em relação a 2010, quando o valor obtido foi de R$ 275,1 bilhões.

A metodologia aplicada na construção do ranking foi uma pesquisa quantitativa com 16,3 mil brasileiros, com base em indicadores como produtos, serviços, Marketing, responsabilidade socioambiental, pós-venda e distribuição.

Tópicos: Bancos, Finanças, Bradesco, Empresas, Empresas brasileiras, Empresas abertas, Rankings, Listas